Você na TV!

Programa de entretenimento com Manuel Luís Goucha e Cristina Ferreira.

Indicação: 
Livre
Título Original: 
Você na TV!

Pais de Origem:

tipo tv:

Canais de Televisao:

field_vote: 
Average: 4.4 (67 votes)

Comments

ola Manuel Luís e Cristina Ferreira. eu chamo-me Paula Cristina Fidalgo e tenho 28 anos, e vejo o vosso programa quase todos os dias sou vossa fã gosto muito de vos ver. eu vi outro dia o programa da rapariga q queria conhecer o irmão e fiquei muito interessada porque eu tenho uma historia de vida um pouco confusa. e o seguinte: O meu pai na altura que eu nasci não deu muito valor e importância a minha pessoa, mas eu sei o nome dele segundo a minha mãe e eu gostava muito de procura-lo mas infelizmente não sei como faze-lo nem posses para consegui-lo. eu ele chama-se António Ricardo José a ultima vez q a minha mãe soube alguma coisa dele ele vivia no cacem. eu sei que tenho um irmão mais velho que eu deve ter por volta dos 35 anos e principalmente por isso gostava muito de conhece-lo. eu gostava muito q me pudessem ajudar é o meu sonho de criança. Muito obrigado beijinhos e fico muito ansiosa a espera de uma resposta da vossa parte

boa noite manuel luis goucha e o seguinte tenho uma amiga que tem 36 anos ela perdeu a mãe e o pai ela não sabe nada dele a Maria Augusta ramos ta neste momento a passar dificuldades tem três filhos... duas filhas e um filho maior de idade ela quer saber se o pai ainda e vivo ela ficou sem casa porque não tinha possibilidades de pagar a renda porque tem os dentes estragados por causa da doença que ela tem na cabeça nao consegue arranjar trabalho ela presiza mesmo de encontrar o pai ela neste momento esta na casa da avo ope do filho e as filhas dela tão com o pai porque ela não tem condições para as ter sabe sempre tive ou lado dela mesmo nos momentos deficieis ela nem comer tinha eu e que ajuda vá sempre que podia tenho pena dela porque ela não queria ficar sem as filhas queria as filhas ou lado dela a Maria e uma grande mulher uma grande mãe nunca abandonou as filhas e agora que ela esta sem elas ta a ser difícil o que a Maria me disse e que o pai dela chama se jose Lopes Cardoso ele trabalha po Freitas do amaral e o motorista e o sr jose não conhece os netos ajudem esta pobre mulher por favor obrigado espero que digam alguma coisa

Olá Manuel Luís Goucha e Cristina Ferreira. Sou uma grande fã do vosso programa, assisto-o todos os dias. Venho por este meio pedir a vossa ajuda na realização de um sonho. Desde que fui mãe que me descuidei da minha imagem e agora com a minha filha já crescida e criada vejo-me numa situação de solidão e baixa auto-estima. Dada a situação economica em que me encontro, desempregada e sem rendimentos, em que cada mês é uma luta para ter comida na mesa e as contas pagas, não tenho como investir um pouco em mim e melhorar o meu aspecto de modo a sentir-me melhor comigo mesma. Devido a tendencias hereditarias, tenho uma saliencia muito grande no pescoço o que deforma a minha fisionomia. Tento disfarçar, mas é dificil ocultar principalmente no Verão. Peço-lhes então esta ajuda, apesar dos muitos pedidos que têm em mãos. Deixo aqui o meu contacto de email caso atendam ao meu pedido: jessica_belo_@hotmail.com- Agradeço-lhes muito a vossa atenção e obrigada por alegrarem todas as minhas manhãs. Muitos beijinhos desta vossa espectadora.

Olá … Manuel e Cristina …queria vos pedir um favor eu e o meu irmão há muito que desejamos isto para a pessoa que nos trouxe ao mundo. A nossa querida mãe. Ela a uns tempos teve um acidente e tem estado de baixa. Mas este acidente pode ter parado a nossa mãe para o resto da vida, a nossa mãe foi obrigada a por uma prótese na mão, porque nesse acidente um dos ossos da mão desapareceu. Mas o que viemos pedir e relacionado com uma mudança para a nossa mãe. Pois o acidente foi de tal forma que ela perdeu maior parte dos dentes. E como está de baixa ainda não foi possível arranja-los. E mesmo com esforço para poupar mos não vai ser possível realizar lhe esse desejo. A nossa mãe tinha um sorriso lindo e tranquilo que nos acalmava sempre mas depois do que lhe aconteceu nunca mais volto a sorrir e tem vergonha de abrir a boca , teve de deixar de comer o que mais gostava. Temos saudades do sorriso da nossa mãe, e queremo-lo de volta. Ajude-nos. Nós habitamos perto da Mealhada. Se for possível contacte-nos no número 915316229.

Ola bom dia voçe na tv ,manuel luis e cristina ferreira sei que têm ajudado muita gente ,eu ate um dia tentei pedir ajuda por carta mas infelizmente recebi a resposta que por carta nao era possivel,sendo assim pedi ajuda aos meus para tentar pela internet.Manuel Luis,dona cristina,chamo me Maria de Fatima,tenho 44 anos e sou de Aveiro e desde os 20 anos que nao tenho coragem de sorrir perante as pessoas sem colocar a mao a frente e quando falo é sempre com a boca meia aberta o maxilar debaixo estao todos apodrecidos e a frente so tenho dois dentes e afrente so uma protese com 5 dentes e o resto que sobra sao apenas raizes apodrecidas..sou infeliz porque alem deste problema estou desempregada e nao tenho possiblidades para puder pagar o tratamento neçessario .O meu maior sonho era talvez um dia voltar a sorrir e a voltar a puder saboriar uma refeiçao porque ate nisso é dificil .Muito Obrigado pela atençao e aguardo anciosamente uma resposta

mail: fatimateixeira_avr@hotmail.com

Olá Goucha e Cristina. Chamo-me gorete tenho 36 anos, 3 filhos e um marido maravilhoso. Nasci em angola, quando nasci a minha mãe era muito nova e muito pobre, vivíamos na casa do meu avô paterno que era rico. Quando começou a guerra em Angola os meus avô que era português falava em fugir para cá , e a minha mãe com receio que me levassem fugiu comigo. Entretanto passados vários meses eu fiquei muito doente, entre a vida e a morte, e a minha avó materna disse a minha mãe que o melhor era ela entregar-me ao meu pai que tinha possibilidades cuidar de mim. Foi então que a minha mãe deixou-me a porta da minha madrasta e desde esse dia nunca mais a voltei a ver. Era muito pequena e não me lembro de nada, fui criada com a minha madrasta, sempre acreditando que ela fosse a minha verdadeira mãe. Quando viemos para Portugal, tinha eu 12 anos, comecei a estranhar o facto de eu ser mal tratada e escravizada pela minha madrasta e até pelo meu próprio pai, enquanto que os meus irmãos eram tratados de uma maneira completamente diferente. Enquanto todos em casa dormiam eu era obrigada, com 12 anos, a acordar todos os dias as 6 da manhã para ir buscar água à bica, no escuro e sozinha, de tratar da lida da casa para quando acordassem estivesse tudo preparado. Todos os dias levava porrada e era maltratada sem sequer saber a razão de me estarem a bater. Um dia só por não ter feito uma refeição, a minha madrasta atou-me uma corda ao pé e atou-a a uma botija de gás dando só acesso a casa de banho, e fiquei ali com 12 anos presa, sozinha, durante todo o dia sem quase me poder mexer. Este episódio é um entre tantos outros igualmente graves e humilhantes, mas como gosto muito dos meus irmãos, que não têm culpa do que me aconteceu, não os quero entristecer com isto que a mãe deles me fez. Com o passar dos anos fui desconfiando cada vez mais que ela não era minha mãe, ate que um dia tive essa confirmação. Passados todos estes anos nunca soube quem era e onde estava a minha mãe. Foi então que uma tia paterna veio a portugal, e eu contei-lhe tudo o que passei e pedi-lhe para que ela, quando voltasse tentasse encontra-la. A minha tia acabou por conseguir um contacto de uma irmã minha, que eu não sabia que existia, e foi assim que consegui falar com a minha mãe. Desde a 2 anos para cá, dentro das minhas possibilidades tenho mantido o contacto por telefone com a minha mãe, mas o que eu mais queria na vida era poder vê-la pessoalmente. O meu maior sonho era poder conhecer a minha mãe, neste momento ela encontra-se doente , e o meu maior medo é que ela morra sem nunca nos termos conhecido. É por este motivo que vos escrevo, como eu não tenho possibilidades, gostava que nos pudessem proporcionar este encontro. Talvez possam, ou talvez não, mas não custa tentar. Obrigada

o meu contacto:

nataxa_pires@hotmail.com

Olá! O meu nome é Cristina Gonçalves, tenho 32 anos e estou desesperada. Após a minha gravidez há 6 anos atrás fiquei com a minha barriga desfigurada e acabei por entrar em depressão e consequentemente acabei por engordar 10 quilos tenho 1.59m e 70kls. Já não aguento mais os comentários negativos tais como: "estás gravida? " ou" estás mesmo gorda" e ainda "o que te aconteceu eras tão linda" e ainda mais quando se tem uma profissão como a minha (sou cabeleireira) em que devemos passar uma imagem bonita. Sinto que me estou a afundar choro todos os dias por aquilo que um dia já fui, pela beleza que perdi. Não consigo emagrecer sou viciada em doces preciso de ajuda, preciso de uma abdominoplastia (não me consigo despir diante de ninguém incluindo o meu marido) e de tratamento. Por favor ajudem-me! O meu número é: 961397401 Tenho esperança que ao lerem este email considerem o meu problema e me respondam Até breve Com os melhores cumprimentos Cristina Gonçalves

Olá Cristina Ferreira e Manuel Luís Goucha….

Chamo-me Vanessa Santos, tenho 22 anos e sou de Coimbra.

Desde muito cedo que a minha vida não tem sido muito fácil, aos 17 anos fui mãe e abandonada pelo pai da minha filha.

Embora tenha tido apoio por parte de familiares e amigos, as coisas nem sempre têm sido fáceis.

Mas até estavam a correr razoavelmente bem até á cerca de um ano atrás….

Fiquei doente e foi me diagnosticada uma doença rara, “Síndrome de gorham”, doença esta que me causou graves sequelas. Tenho parte do maxilar do lado esquerdo destruído causando-me problemas a nível estético, psicológico e também a nível profissional…

Neste momento estou desempregada, pois as pessoas neste mundo são muito cruéis infelizmente, e por parte do estado e segurança social as ajudas são escassas….

Sinto-me de mãos e pés atadas pois, não estou a conseguir dar a minha filha o que ela precisa, é muito triste!

Estou a fazer tratamentos á sete meses, a doença pelo que dizem os médicos, esta a evoluir positivamente mas sinto-me a fracassar, é doloroso ver-me ao espelho….

Eu não quero que tenham pena de mim, mas sim que me ajudem a superar esta fase complicada….

Eu tenho vontade de trabalhar mas fecham-me todas as portas quando olham para mim e reparam que tenho anomalias na face, a sociedade de hoje é complicada….

Sei que com o vosso programa colabora uma óptima equipa médica e gostava de saber uma segunda opinião acerca do meu problema de saúde….

Gostava também com a minha história sensibilizar as pessoas e talvez com as minhas palavras ajudar possíveis pessoas na mesma situação….

Assim deixo o meu apelo e aguardo por uma possível resposta da vossa parte.

Com os melhores cumprimentos

Vanessa Santos

tenho 30 anos e estou desenpregada e o meu marido tambem e temos 2filhas gemeas de sete anos e gostava de aranjar os meus dentes se fosse posivel ajudaren-me obrigado rosa oliveira. fundacao.miguel.pereira.@ hotmail.com

Olá Manuel e Cristina. Em primeiro lugar, quero dizer-vos que adoro o vosso trabalho e sou completamente vossa fã assim como de todos os projectos onde se inserem. Estou a escrever-vos no sentido de pedir uma ajuda, ou melhor o chamado "empurrãozinho" aqui no Norte para a concretização do meu sonho. Chamo-me Rute,tenho 17 anos, ando no 12º ano de escolaridade e sou uma amante nata das letras. Adoro tudo o que são palavras e escrever desde pequenina que foi a minha grande paixoão. Não sei bem explicar porquê, corre-me pelas veias. Criei um blog em janeiro de 2011 para fazer chegar mais rapidamente às pessoas que desde sempre apreciaram a minha escrita. Vendo que este meu cantinho online estava em constante progresão, quer em número de seguidores, quer em número de visitas diárias e comentários aos posts, decidi criar também uma página facebook, onde também lá deixava os meus textos e contactava com os meus pequenos fãs. Como este amor à língua foi crescendo, em Junho de 2011 decidi começar a escrever um livro intitulado de "O Renascer de uma vida". Afectado pelo tempo necessário para os estudos e outros projectos a que estou ligada, esta obra concluira-se passado meio ano. Para poder difundir ainda mais a minha escrita, seria imensamente compensador para mim ir ao vosso programa para poder falar um pouco do que me motivou a correr em busca deste meu sonho e sem dúvida alguma que seria uma enorma ajuda para realmente o poder concretizar. Em anexo deixo o link do meu blog caso o queiram visitar: http://ruteneves.blogspot.pt/ e ainda o link da minha página facebook associada : http://www.facebook.com/pages/O-primeiro-passo-para-a-concretiza%C3%A7%C3%A3o-de-um-sonho/264167150294532 Agradeço resposta e desde já agradeço a disponibilidade.

Nota: esta mensagem foi também enviada para a página facebook e para o email do programa.

Com os melhores cumprimentos; Rute Neves

Olá Goucha e Cristina. Chamo-me Miriam Pereira, vivo em Vila Nova de Gaia. Venho aqui pedir ajuda para o meus sogros sem eles saberem, a minha sogra precisava de uma protece nova nao consegue mastigar bem, nao consegue comer uma maçã, nao sorri a frente das pessoas, o meu sogro tem uma boca em muito mau estado, faltam-lhe dentes, os que tem estao muito estragados, eles nao tem possibilidades de compor os dentes,a minha sogra está desempregada, o meu sogro esta refurmado paga aluguer da casa e afins, nao lhes sobra dinheiro para arranjar os dentes. Eu tambem estou desempregada e nao tenho como os ajudar, por isso venho vos pedir que os ajudem, a minha sogra ve todos os dias o vosso programa e diz sempre que a ela nao a devem ajudar. Queria desde já agradecer-vos. O meu mail é miriamsoarespereira@hotmail.com Mais uma vez obrigado

Como todas as pessoas venho aqui pedir ajuda para uma pessoa muito importante na minha vida que tem um problema grave,ele chama se david e tem 23anos todos os dentes dele estão estragados e a partirem se aos bocados nao tem dinheiro para os arranjar e assim ainda se torna mais dificil arranjar trabalho tem mesmo vergonha de sorrir e ja lhe recusaram varios trabalhos por causa disso.Peço que por favor o ajudem para ele conseguir voltar a sorrir sem vergonha.Ja fomos saber preços mas é tudo muito caro e ele nao consegue.o maior sonho dele é esse puder voltar a sorrir...sei que nao sou a unica a fazer este pedido mas ele é tao novo e com uma vida inteira pela frente sem puder sorrir.Obrigado pela vossa atençao a adoro o vosso programa.Com todo o carinho e respeito Luisa Costa

ola manuel luis e cristina,venho por este meio pedir-vos que ajudem a minha amiga... ela tem 35 anos e nao e feliz por as varias razoes!!! nao tem emprego, vive de uma pensao da assistente social e passa muitas dificuldades. mas o maior problema dela e nao ter dentes, isso dificulta muito ela pois ninguem lhe da um trabalho... ela sente-se muito em baixo, nao tem auto estima.e o pior de tudo e que nao tem familia que a possa ajudar, so o que tem e uma irma mas ela tambem nao tem muito... gostaria muito que lhe ajudassem a colocar os dentes, pois ela precisa muito.fico a espera da vossa resposta muito obrigado a toda a tvi por os exelentes programas que nos proporcionam. vo deixar aqui o meu contacto.912367881

espero que ajudem mesmo a minha amiga, ela cada vez esta-se a ir mais abaixo e custame muito ver ela neste estado.. por favor mais uma vez vos peço esta pequena ajuda.. obriGADO

venho aqui pedir ajuda para o meu tio sem ele saber, ele ainda é novo mas tem uma boca em muito mau estado, faltam-lhe dentes, os que tem estao muito estragados, nao consegue mastigar bem, nao consegue comer uma maçã ou pera, nao sorri a frente das pessoas, chega até a isolar-se em casa, ele nao tem possibilidades de compor os dentes, está desempregado, paga aluguer da casa onde vive e nao lhe sobra dinheiro para afins. Eu gostava se lhe pudessem dar este miminho, gostava de o voltar a ver a sorrir, pois desde que se divorciou isolou-se muito, esqueceu-se de si, nunca mais cuidou da sua imagem, talvez depois desta surpresa ele voltasse a ter animo na sua vida. peço-vos solidariedade pois pessoas boas que mereçam como ele há poucas e eu sei que isto que parece pouco mas o faria muito feliz. Ele vive em barcos-tabuaço, distrito de viseu vou deixar aqui o meu contacto caso queiram ajudarme a mudar um pouco a sua vida: filipa_macedo1@hotmail.com ou 254107781

Olá Goucha e Cristina. Chamo-me gorete tenho 36 anos, 3 filhos e um marido maravilhoso. Nasci em angola, quando nasci a minha mãe era muito nova e muito pobre, vivíamos na casa do meu avô paterno que era rico. Quando começou a guerra em Angola os meus avô que era português falava em fugir para cá , e a minha mãe com receio que me levassem fugiu comigo. Entretanto passados vários meses eu fiquei muito doente, entre a vida e a morte, e a minha avó materna disse a minha mãe que o melhor era ela entregar-me ao meu pai que tinha possibilidades cuidar de mim. Foi então que a minha mãe deixou-me a porta da minha madrasta e desde esse dia nunca mais a voltei a ver. Era muito pequena e não me lembro de nada, fui criada com a minha madrasta, sempre acreditando que ela fosse a minha verdadeira mãe. Quando viemos para Portugal, tinha eu 12 anos, comecei a estranhar o facto de eu ser mal tratada e escravizada pela minha madrasta e até pelo meu próprio pai, enquanto que os meus irmãos eram tratados de uma maneira completamente diferente. Enquanto todos em casa dormiam eu era obrigada, com 12 anos, a acordar todos os dias as 6 da manhã para ir buscar água à bica, no escuro e sozinha, de tratar da lida da casa para quando acordassem estivesse tudo preparado. Todos os dias levava porrada e era maltratada sem sequer saber a razão de me estarem a bater. Um dia só por não ter feito uma refeição, a minha madrasta atou-me uma corda ao pé e atou-a a uma botija de gás dando só acesso a casa de banho, e fiquei ali com 12 anos presa, sozinha, durante todo o dia sem quase me poder mexer. Este episódio é um entre tantos outros igualmente graves e humilhantes, mas como gosto muito dos meus irmãos, que não têm culpa do que me aconteceu, não os quero entristecer com isto que a mãe deles me fez. Com o passar dos anos fui desconfiando cada vez mais que ela não era minha mãe, ate que um dia tive essa confirmação. Passados todos estes anos nunca soube quem era e onde estava a minha mãe. Foi então que uma tia paterna veio a portugal, e eu contei-lhe tudo o que passei e pedi-lhe para que ela, quando voltasse tentasse encontra-la. A minha tia acabou por conseguir um contacto de uma irmã minha, que eu não sabia que existia, e foi assim que consegui falar com a minha mãe. Desde a 2 anos para cá, dentro das minhas possibilidades tenho mantido o contacto por telefone com a minha mãe, mas o que eu mais queria na vida era poder vê-la pessoalmente. O meu maior sonho era poder conhecer a minha mãe, neste momento ela encontra-se doente , e o meu maior medo é que ela morra sem nunca nos termos conhecido. É por este motivo que vos escrevo, como eu não tenho possibilidades, gostava que nos pudessem proporcionar este encontro. Talvez possam, ou talvez não, mas não custa tentar. Obrigada

Ola Boa Tarde a Todos,

Chamo-me Guilhermina e precisava da vossa ajuda, não tenho muitas possibilidades e gostaria de ter um visual diferente, não gosto do meu corpo, tenho 46 anos e tenho uma uma imagem de uma senhora de mais ou menos 56 anos, tenho uns peitos muito grandes que me dão problemas nas costas , a minha barriga está com muitas estrias e está muito deformada após 2 gravidezes.

Gostava de ter a oportunidade de fazer uma mudança no meu corpo e á minha imagem, pois não consigo vestir roupas bonitas porque tenho vergonha de mostrar o meu corpo, sinto que o meu marido está a perder o interesse em mim, mas não tenho possibilidades de o fazer pois , o meu marido está desempregado e eu também, tenho um filho ainda a estudar mas não tem possibilidades de ajudar em casa , e tenho uma filha de 19 anos que começou agora a trabalhar , mas o dinheiro que ela dá para a casa não chega para tudo..

Só tenho uma pequena ajuda da Segurança Social o que também não ajuda muito. Peço por favor para me ajudarem . Fico á espera de resposta.

Muito Obrigada Cristina Ferreira e Manuel Luís Goucha .

Com os Melhores Cumprimentos,

Contacto: guilherminafernandes65@hotmail.com

Guilhermina Fernandes

ola eu sou a Susana, tenho 17 anos e estou a escrever porque presiso da vossa ajuda, e acerca de 10 meses atras queimei-me e com cera de depilaçao nas coxas proximo das virilhas e fiquei com queimadoras de segundo grau profundo, passando algum tempo fiquei com cicatrizes e manchas escuras e com papos para fora. Mesmo sabendo que o meu namorado me aceita eu nao me sinto bem com as marcas.Eu gosto de fazer exercício e tenho medo de fazer,e gostaria que me ajudassem neste problema constrangedor para mim. Meu contacto e 934490751.

Olá sou o João, tenho 34 anos e vivo em Lisboa-Olivais Sul. Sou altista e frequentei a Liga Portuguesa de Deficientes Motores desde pequenino, sou acompanhado ao longo da minha vida pelas Dotoras da Liga que têm feito muito por mim inclusive arranjando-me emprego. Sou empregado da Repsol bombas de gasolina e devido ao meu trabalho e á vergonha que sinto por falar com as pessoas, venho por este meio tentar a minha sorte pedindo ajuda para arranjar a minha boca. Vivo com os meus pais, a minha mãe doente cardiaca dependente de muitos medicamentos para viver e o meu pai camionista á beira de ficar desempregado devido á crise que se faz sentir, ajudo o maximo que posso em casa e o dinheiro não chega para quase nada, não temos posses para ir sequer ao dentista. A minha boca tem-se vindo a degradar muito :( Como pedir não custa e tentar muito menos, peço ajuda ao Voce na TV!!! Deixo o meu contacto: Rua Almada Negreiros L-458 3A 1800-012 Lisboa T:914423914 T-casa:211930744 Agradeço e aguardo com muita esperança Cumprimentos ao programa especial ao Goucha e á Cristina

Ola aos dois mais que maravilhosos, chamo me Celia ferreira sou uma mulher com 33 anos,casada com 1 filho de 17 anos que tem uma filha linda de 27 meses,é verdade ja sou avo,sempre tive algumas dificuldades mas a vida nao e facil temos que saber viver, eu a alturas em que nao sei como mas vou andando tirando uma ou outra pedra que me apareça a frente. Com isto quero pedir ajuda para a minha boca que se esta cada vez mais a precisar de se tratar, e como nesta altura e dificil, o meu marido esta desempregado o meu filho nao consegue trabalho e tem aparelho que ainda estou a pagar com algum custo, gostava de voltar a sorrir sem complexos. Obrigado por lerem mesmo que nao tenha a sorte de conseguir este meu sonho ja que prefiro ver os que me rodeiam bem do que seja um bem so para mim. Vivo em vizela contatos: o meu 936163912, o do meu filho 916870031e o do meu marido 936801296 um bem haja a todos fico ha espera duma resposta para mais que nao seja para a contar a historia do meu filho, mas eu queria muito poder sorrir a vontade. espero uma resposta obrigado por terem lido..

Ola Manuel Luís Goucha e Cristina Ferreira muito boa tarde adoro ver o vosso programa pois voces sao a minha compainha e de minha mae. Meu nome é Susana Amado tenho 24anos e sou de Faro e gostaria de fazer uma grande surpresa a minha mae pois ela desde dos 20 anos que nao sabe oque é um sorriso rasgado pois tem um grande complexo em sorrir porque tem uma placa que ja nao esta em muito boas comdiçoes e que lhe magoa muito quando come e fala.. Por isso nao comsegue sorrir e tem muita vergonha entre as pessoas. Ajente somos de Faro minha mae tem 44anos e como disse desde os 20 que nao sorri como antes sorria tenho muitas saudades do lindo sorriso de minha mae. Minha mae agora tem o meu filho-te com ela e o meu maior sonho é k o meu filho-te possa ver o lindo sorriso que sua avo tinha quando era nova..... Por isso vos peço porfavor ajudem a minha mae a ter um sorriso rasgado como antes tinha..... Ja agora vou tambem contar a minha estoria: Eu desde pequenina que tambem tenho problemas nos dentes tenho 24anos como disse e tenho os meus dentes com buracos, partidos, estam muito muito muito muito estragadose em mau estado com a idade que tenho so mandando fotografia para acreditarem pois nao tenho placa e nem sequer comsigo sorrir para a minha familia que é o maior desgosto que tenho, as vezes quando falo com as pessoas elas se desviam porque tenho um mau alito na boca e que provoca as pessoas a se desfiarem de mim e quaze nao me falarem porcausa deste problema que tenho. O meu sonho é um dia comseguir ter um sorriso rasgado como nunca comsegui ter, poder falar com as pessoas sem elas se desfiarem de mim, poder beijar o meu marido como nunca comsegui porcausa que tenho complexo porcausa do mau alito e porcausa que tenho os dentes em muito mau estado, poder sorrir principalmente pro meu querido filho-te com a boca toda e nao de boca fechada, nao tenho um emprego porque quando vou as emtrevistas me negao porcausa que vem que a minha boca se emcomtra em muito mau estado e gostaria de ir a uma emtrevista poder sorrir e nao me negarem um emprego porcausa dos meus dentes me aceitarem e nao me negarem porque tenho os dentes em muito mau estado..... POR ISSO PEÇO PORFAVOR QUE ME AJUDEM A MIM E A MINHA MAE.... ADORAMOS VOÇES DOIS VOÇES SAO A NOSSA COMPAINHA TODOS OS DIAS... BJS DA FILHA E DA MAE PRA CRISTINA FERRREIRA E PRO SR:LUÍS GOUCHA...

Bom dia Manuel Luis e Cristina...acompanho o vosso programa todos os dias e tenho a dizer que me divirto bastante...:) como pedir não custa e quem ouve um sim ouve um não :) eu gostava muito de poder ajudar os meus pais.Infelizmente não temos possibilidades financeiras e eles tem muitos problemas dentários e como estou acompanhar o vosso programa na rubrica "Portugal a sorrir" gostava que me ajudassem a proporcionar uma qualidade de vida melhor, nesse aspecto, para os meus pais. Gostaria imenso que me ajudassem muito Obrigada. Sara Sofia Machado 913019637

Olá Cristina E Manuel Luís Tal como eu a minha mãe adora o vosso programa,sempre que tenho oportunidade assisto e depois de ver realizados tantos sonhos resolvi tentar também eu realizar um sonho que não é o meu mas sim da minha mãe. A minha mãe tem 61 anos e aos 39 foi-lhe diagnosticado cancro na mama.A minha perdeu o peito e devido a tanto tratamento e medicação a minha mãe perdeu toda a dentição. Neste momento a minha mãe encontra-se deitada numa cama quase imóvel porque foi recentemente operada ao tornozelo e como se não bastasse após essa recuperação será operada ao joelhos porque tem artroses em ambos. Neste momento os meus pais vivem em situações precárias,uma casa arrendada que esta literalmente a cair aos poucos, o meu pai que há mais de dois meses não recebe ordenadao e a reforma da minha mãe mal dá para os medicamentos e mesmo assim conseguem -me ajudar quando deveria ser exactamente o contrário mas eu ganho pouco e tenho uma casa para pagar. Por isso peço-vos ajuda de qualquer forma até porque nem sei o que será mais importante para eles.Gostaria que a minha mãe tivesse uma nova dentição,gostaria que o meu pai ganhasse o ordenado dele pelo o qual ele se esforça demasiado,gostaria que a casa onde os dois habitam fosse restaurada Eu sei que é demasiado o que estou a pedir e mesmo que não possam fazer nada por eles basta a vossa palavra de conforto. Desde já agradeço-vos a atenção que disponibilizaram Um Muito obrigado Rita Santos

Contacto:964950441

Rita Santos

Boa tarde

Goucha e Cristina, adoro-vos.

Venho por este meio fazer um pedido.Pois tentei mandar um email e não foi entregue por estar cheio.

Já escrevi uma carta alguns anos atrás a pedir e vou tentar novamente.

Chamo-me Elisa e tenho 31 anos, moro em lisboa.

O meu desejo acima de tudo era reduzir ao peito, (já para não falar da barriga), pois antes de ter o filho tinha um peito grande agora também é muito descaído.

Isto influencia muito no dia a dia; no vestir da roupa e em ir à praia, gostava de poder comprar umas camisolas mais justinhas e não ter que usar sempre um casaco por cima para esconder.Gosto de comprar casacos pois assim tapa mais..o problema é no verão!!Se tivesse um peito mais pequeno podia e podia ir à praia sem complexos, pois quando vou parece que estão sempre a olhar tento pensar para mim que não mas ... não o consigo evitar e tento ir à água sempre a disfarçar com o meu filho (tem 3 anos) ao colo para tapar o peito.

As pessoas dizem que não é muito grande mas desde os meus 20 anos que não gosto do meu peito e agora mais com ele descaído!

O meu marido diz que estou obcecada, por muito que ele tente me tente animar, neste aspeto não consegue.

Por isso, se por ventura houver oportunidade de me realizarem este desejo, irei agradecer eternamente.

Se precisarem de saber mais alguma coisa, disponham.

Com esperança, aguardo

O meu email é elisa.m.freitas@gmail.com

Olá Sou a Antónia tenho 49 anos,vive na zona norte de Lisboa. Além de uma história de vida dolorosa e um dia ter sido salvo por mezinhas horriveis mas milagrosas, agora sou asmática ao pó, não sendo suficiente, fiquei com surdez severa, preciso de próteses entre os 10.000 a 15.000€ o nosso estado paga na integra mudanças de sexo incluindo apoio psicológico, a mim só me dão apoio psicológico, não resolve o meu problema, eu preciso de ouvir para continuar a trabalhar,é angustiante não conseguirmos comunicar de repente parece que até a percessão de espaço perdemos. Obrigada TVI antonia-costa@sapo.pt

Olá, boa tarde! Sou a Sandra e tenho 21 anos. Preciso imenso da vossa ajuda. Apareceu-me estrias nos membros inferiores. Não sei o porque. As estrias são grandes e largas. Nunca engordei nem emagreci repentinamente. Tenho psoríase desde 15 anos e penso que tenha sido por causa disso que me apareceu as estrias. O meu grande problema é mesmo as estrias, tenho estrias á 5 anos, desde ai nunca mais fui a mesma. Deixei de ir á praia, á piscina, deixei de andar de saia, calções… odeio as minhas pernas, tenho andado muito mal, muito triste, com uma auto-estima muito em baixo. Sinto-me muito mal. Tenho vergonha das minhas pernas. Já usei cremes, óleos para estrias mas nada adianto. Sou muito infeliz, perdi alegria que tinha dentro de mi. Pois o meu sonho era voltar ir á piscina, á praia, vestir saias voltar a sorrir e voltar sentir-me bem, ser feliz. Pois desde que tenho estrias deixei de sair com os meu amigos porque não conseguia sentir-me bem devido ás estrias e custa-me muito ver as minhas amigas no verão usarem saias e vestidos e estar sempre a inventar desculpas para não ir com elas para a piscina com elas. Quase ninguém sabe do meu problema sempre o escondi das pessoas. Por favor ajudem-me. Gostava tanto voltar a ser feliz. Ajudem-me por favor. sandrita20@live.com.pt

Vou vos contar uma anedota :

Estava um Alentejano do baixo Alentejo no seu campo de repente dá um ataque cardíaco ao seu carneiro. Bom, ele já não sabia o que fazer.Então decidiu ir ao seu vizinho que tinha um monte mesmo ao pé do dele e pergunta: -Olhe lá oh compadre!O que é que eu faço pois o meu carneiro morreu? -Olhe não precisa de outro carneiro! -Ah não? -Não não. -Então? -Faça o serviço pelo carneiro. -Sim e depois? -Depois no outro dia de manhã vê quantas estão ao sol e quantas estão á sombra. As que estiverem ao sol estão grávidas as que não estiverem não estão. -Está bem! Bom,ele assim fez. No outro dia depois de fazer o serviço levou-as no seu camião e meteu-as á frente da sua casa. No outro dia diz assim: -Oh Cristinaa quantas ovelhas estão ao sol? -Oh Gouchaaa nenhuma! No outro dia: -Cristinaa filha quantas ovelhas estão ao sol? -Gouchaaa filho..........nenhuma. No outro dia: -Oh Cristinaaaaaa filha quantas ovelhas estão ao sol? -Fogo Gouchaaaa filho nenhumaa.Mas porque essa pergunta todos os dias? -Então é assim, o carneiro morreu. -Sim e então? -Fui falar com o comprade e ele disse que fizesse o serviço pelo carneiro. -E tu fizes-te? -Fiz. -Sim e depois? -Depois ele disse que as que tivessem ao sol tavam grávidas e as que tivessem á sombra não estavam. -E tu acreditas.te? -Sim. -Era mentiraa burro.

ola Manuel e Cristina queria pedir ajuda para compor a minha casa sou Ana sofia de 28 anos tenho dois filhos o mais velho tem 9 anos e a mais nova tem 3 anos vivem na esperança de ter uma casa melhor a casa nao tem grandes condissoes travalhamos na vinha mas as adegas nao pagam os patroes nao podem fazer o travalho temos passado muitas dificuldades os meus filhos ja nao têm prendas no natal nem nos anos porque a vida nao tem sido facil por varias vezes desejei ja nao estar neste mundo pois sei que tenho dois filhos lindos mas vivo cheia de tristeza por nao lhe poder dar ao menos um teto com dignidade pois nem têm aonde tumar banho têm que o fazer numa bacia agradecia que me possam ajudar pois adoro ver quando ajudam as outras pessoas assim me despesso e deixo o meu contacto 914544199 ou o imail ana-filipe-rodrigo@hotmail.com bj para todos voces que aí trabalham nessa caixinha tao pequena mas nos dá tao grande alegria!!!

Olá, sou a Verónica, tenho 29 anos e uma linda filha de 10 anos mas que recentemente perdi o meu único e grande amor para outra "mulher". Eu e o meu marido passamos por cima de tudo e todos para podermos ficar juntos, não foram 2 anos mas sim quase 13 anos de vida em comum e de repente a minha vida desmoronou-se por completo. Ele era tudo para mim era o meu grande pilar, a minha alegria de viver apesar de ter a minha filha a meu lado mas isso não me chega. Sempre tivemos pessoas que se meteram demais na nossa vida, tive um negocio que não correu bem e se eu soubesse o que sei hoje não me tinha metido,enganaram-me e tudo mais com com a minha força de vontade tenho conseguido pagar as minhas dividas. Mas o que eu queria mesmo é que me ajudassem na minha imagem, não sou feia, toda a gente o diz e no espaço de 2 meses perdi 8 quilos tenho uma depressão em cima de mim mas ele o meu ex não o sabe. Fui mãe e o corpo não ficou no devido "lugar" pois eu olho para as minhas colegas que foram mães e não se nota nada delas. Até parece que não o são. O meu ex não anda bem, anda muito em baixo, triste e agora diz que deixou de jogar futsal , o futebol para ele sempre foi uma alegria estar com os amigos da bola é algo que ele gosta de fazer e da noite para o dia deixa de fazer. só porque ta com outra mulher, ela faz-lhe a cabeça até o proibiu de vir a nossa casa para ver a filha pouco tempo passa com ela, e comigo mal me fala. Por favor ajudem-me a melhor a melhor a minha imagem eu sei que o Dr.Ângelo Rebelo faz maravilhas e pois, quero reconquistar o meu ex pois a outra não tem nada de interessante pode ser só uma atracção e deve ser. Eu sei que têm muitos pedidos mas por favor ajudem-me. O meu contacto é 968292049 ou Verónica Matias rua vale formoso nº130 1º frente 8135 Almancil - Algarve BEIJINHOS Manuel e Cristina

Olá chamo-me Tânia Costa e tenho 18 anos queria que me arranjar-sem os meu dentes, tenho alguns estragados outros que não tenho e já alguns que se estão a partir. tenho muita vergonha de já rir, muitas pessoas gozam comigo por ter assim os dentes. Os meus pais não tem possibilidades de me os arranjar o meu pai não esta a trabalhar a minha mãe trabalha mas ganha muito pouca para me ajudar... Queria que vocês me ajudassem e a realizar o meu sonho de sorrir. O meu contacto é tanyacosta2011@hotmail.com

Tânia costa

Pages

Add new comment

HTML com quebra

  • Lines and paragraphs break automatically.
  • Allowed HTML tags: <a> <em> <strong> <cite> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <blockquote> <h4> <h3> <p> <img>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
CAPTCHA
Esta questão é necessária para prevenir spam :(
3 + 3 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.

Regras e Regulamentos

Atenção:

Não há censura de opinião nos comentários, mas o vc é o responsável pelo que escrever. Ou seja, aqui vale o Yoyow (You Own Your Own Words).

Lembre-se: Opinião é diferente de informação.

Informações sem fonte ou que não puderem ser checadas facilmente podem ser deletadas.

Serão apagadas sem dó mensagens publicitárias fora de contexto, spam usado para melhorar a posição de sites e outras iniciativas de marqueteiros pouco éticos.

Respeite as regras básicas Netiqueta.

Grosserias desacompanhadas de conteúdo, coisas off-topic e exagero nas gírias ou leet que dificultem o entendimento de não-iniciados tb não serão toleradas aqui.

Vou apagar sumariamente todos os comentários escritos inteiramente CAIXA ALTA, mensagens repetidas e textos que atrapalhem a diagramação do site.

Além de prejudicar, a leitura é falta de educação.

Não publique tb números de telefone, pois não tenho como checá-los. As mensagens com números de telefone serão apagadas inteiras.

Obviamente, qq conteúdo ilegal tb será deletado sem discussão.

Evite também mensagens do tipo "me too" (textos apenas concordando com o post anterior sem acrescentar algo à discussão).

Clique aqui para ver algumas dicas sobre como escrever um texto claro, objetivo e persuasivo.

Todas os comentários são considerados lançados sobre a licença da Creative Commons.

Se você não quer que seu texto esteja sob estes termos, então não os envie.