Você na TV!

Programa de entretenimento com Manuel Luís Goucha e Cristina Ferreira.

Indicação: 
Livre
Título Original: 
Você na TV!

Pais de Origem:

tipo tv:

Canais de Televisao:

field_vote: 
Average: 4.4 (68 votes)

Comments

ola.. eu sou a Ana Rita e eu gostava de ir ao voce na tv pedir desculpa em directo ao meu namorado.. nos temos juntos a 2 anos.. mas eu sou muito ciumenta. nao me consigo controlar i as vezes temos alturas muito mas com grandes discussões.. axo que a continuar assim vamos xegar a uma altura em que vai cada um para um lado.. eu gostava de lhe pedir desculpa i dizer que o amo muito.. eu adoro cantar e gostava de lhe cantar uma musica do tony carreira.. temos um filho com 7 meses lindo... digam me alguma coisa para passaronaatir@hotmail.com obrigado i espero que me ajudem..

ola, chamo-me Ana Garcia tenho 22 anos e este ano fez 2 anos que tive um grave acidente de viaçao no qual fiquei muito mal entre a vida e a morte mas graças a deus estou cá apesar d continuar em consultas e ja ter feito umas 4 operaçoes ao meu braço e continua na mesma sem força e sempre com a ajuda da minha mae quase em tudo. Mas agora para complicar mais a situaçao engravidei e o pai da minha filha na quer assumir e na tenho nada para ela nem dinheiro para comprar. Vivemos todas numa casa que era da minha avo mas a qual é muito pequena tem 2 quartos pequenos, uma cozinha e uma casa de banho que foi construida com a ajuda da camara municipal de ponte sor na qual vivemos 4 pessoas sem condiçoes. Tenho 2 irmas mais novas a estudar o qual é preciso sempre muita coisa para elas, e agora com mais uma pessoa aqui em casa ainda mais complicado fica, no meu quarto durmo eu e as minhas 2 irmas numa cama de casal para ter um pouco de mais espaço vinha pedir a vossa ajuda se possivel...E agora tambem com a minha filha muito dinheiro vou ter d gastar em fraldas sem ter nao tenho como sustentar a minha filha e nao posso trabalhar devido a minha situaçao e so a minha mae para nos aqui em casa nao consegue sustentar-nos torna-se muito complicado...Podiam ajudar-me em ter uns beliches, uma comoda para a roupa da minha filha que nao tenho onde por nem como comprar, e por vezes nem em casa temos nada para comer mesmo com a ajuda da segurança social mal chega para nos e nem um sofa temos para nos sentarmos...Agradecia o vosso contacto o mais rapido possivel o meu mail: anagarcia87@live.com.pt ou tlm: 932326688

Beijinhos

Adoro o vosso programa =)

Boa noite,

À cerca de 4 meses já enviei um e-mail para o Você na TV acerca do mesmo assunto. O meu cão, o Bolinhas, fugiu de casa no dia 31 de Maio e nunca mais o vi. Tenho tantas saudades dele... Queria tanto encontrá-lo, poder abraça-lo de novo. Espalhei panfletos, coloquei a foto dele no Jornal de Notícias, pus o anúncio a passar na Rádio Festival, contactei Câmaras Municipais e respectivos canis (Braga, Guimarães, Boticas, Chaves, Marco de Canavezes, Sabrosa, Alijó...), contactei ainda a Direcção de Estradas, envio e-mails... Gostaria de saber se há alguma forma de me poderem ajudar... Há imensa gente que vê o vosso programa. Vocês são capazes de marcar a diferença porque as pessoas acabam por criar uma ligação muito forte convosco.

Ajudem-me por favor, não sei a quem mais recorrer! Deixo aqui o meu e-mail teixeira.arita@gmail.com e também o anúncio do Bolinhas numa base nacional de animais desaparecidos http://www.encontra-me.org/anuncio/6885

Olá, O meu nome é Vanessa e envio este mail, porque quero homenagear uma pessoa, que para mim tem um significado muito especial, a minha Tia. A minha Tia Ema é uma pessoa maravilhosa, com um coração imenso, sempre pronta a ajudar o próximo, é a minha melhor amiga, que está sempre presente nos melhores e nos piores momentos da minha vida. Por mais do que uma vez, já tive pequenos jestos de agradecimento e já demonstrei o enorme carinho que sinto por ela, mas para mim não é o suficiente, comparado com todo o bem que a minha Tia me tem feito. Quiz então enviar-vos este mail, não para aparecer na televisão, nem para ter um dia de fama, mas sim para homenagear uma pessoa que para mim, é a Melhor pessoa do mundo a minha Tia Ema. Peço-vos se for possível, que apenas leiam este mail no vosso programa, para que como uma prova de amor e agradecimento, eu possa dizer a todo o mundo, em alto e bom som através da vossa voz, ADORO-TE TIA ÉS A MELHOR TIA DO MUNDO !!! OBRIGAO POR SERES A PESSOA MARAVILHOSA QUE ÉS!!! E para terminar não queria deixar de dizer que vocês Manuel e Cristina têm sido a minha companhia todos os dias desde que fiquei em casa de baixa e agora de Licença de Maternidade, são a minha companhia. Aguardo a vossa resposta através do meu mail vanessa.neves@live.com.pt ou através do nº de telef 967274693 Obrigado e um grande beijinho

olá! eu chamo me cátia, tenho 25 anos anos sou de santa maria da feira. neste momento da minha vida eu estou a lutar contra o cancro de mama.fiz uma mastectomia radical e esvaziamento axilar. fiz quimioterapia, fiz radioterapia e agora estou a fazer anti-corpos que é outro tipo de tratamentos. eu gostaria de partilhar com todas as pessoas, a situação que eu estou a viver. por favor não se esquecam de mim. para me dar alguma resposta o meu e.mail é: catiaselene_84@hotmail.com. obrigada pela atenção

eu e o meu colega temos ambos 12 e 13 anos e o nosso sonho era ir cantar a televisao o estilo e rap por favor me ajudem ...........

carlosbcv@hotmail.com

eu sou a Diana da Zona do Porto. tenho 18 anos.

queria solicitar o mail do progrma para eu falar com vcs....

tenho um problema e gostava que me ajudassem. nao tenho posses os meus pais sao pobres e queria que um pesadelo saisse da mha vida...

se me ajudassem seria mt bom, pois ja fiz muitas tentativas e nao consigo perder este problema que me atormenta.

o meu mail é diana_marisa16@hotmail.com

Boa tarde,gostaria de saber como posso assistir ao vivo ao programa? aguardo uma resposta fadiinha__@hotmail.com

Sou a Sara Soares de 19 anos, prima de uma vitima do acidente na linha do douro que ocorreu no dia 1 de Setembro, que me levou os meus avos maternos, e 2 primos ficaram feridos em que um de 17 anos, Marco Soares, ficou gravemente ferido, encontra-se em morte cerebral, no hospital São João, venho por este meio pedir o contacto ou que me ajudem a falar com o Tony Careira, pois o grande sonho do Marco era poder vir a cantar com ele, soube que ele antes de ter o trágico acidente, tinha conseguido, agora gostava que enquanto há esperanças o Tony Carreira viesse ao hospital São João e que fala-se com ele, ou até que lhe cantasse um refrão de uma musica, porque temos esperanças que ele ao ouvi-lo consiga melhorar, caso não melhore pelo menos antes de desligarem as maquinas e ele acabar por falecer, sinto que fiz o que ele mais queria e que tanto lutou… Na terra onde ele vive, já o chamavam de Tony Carreira, porque ele tem uma linda voz e sabia imitar muito bem o Tony Carreira.. Por favor ajudem-me porque a vida do meu primo pode estar para acabar, tal como o Tony Carreira tinha um “sonho de menino” esse sonho era de cantar o meu primo também o tinha, mas a vida foi injusta para com ele, e antes de falecer gostávamos eu e a família de lhe fazer a única vontade e quem sabe esperar por melhoras porque ainda acreditamos que não seja tarde, para não ser tarde ajudem-me rápido a conseguir, porque a vida do Marco pode estar por dias ou até por horas… Quantos de nós temos sonhos??? O Marco é uma criança que acabou de fazer 17 anos em coma no dia 4 de Setembro, será justa esta vida??? Não, não é mas se me ajudarem ainda podemos quem sabe melhorar a situação do meu primo… Deixo o meu contacto sara_soares34@hotmail.com Pensem se fosse a vossa família…

Muito boa tarde eu gostaria ke se alguem tivesse o mail do Dr. Quitino me podesse dar é ke eu gostava de lhe pedir um concelho sobre um assunto meu.

obrigado

meu mail: amigakida_94@hotmail.com

Ola sou a Catarina tenho 10 anos e sou da zona do Porto,tenho um sonho que é ser actriz ja fui ver como funciona fazer um casting mas a minha mãe nao me consegue pagar porque é algum dinheiro.Gostaria que me ajudasem.

obridado se poderem concretizar o meu sonho é só me contactar o email:katarinasilva11@hotmail.com

Destinado ao Programa " VOCÊ NA TV"

Muito Boa Noite

Venho por este meio solicitar a vossa ajuda para o seguinte assunto:

Tenho uma colega de trabalho Casada ao qual ela tem 3 filhos menores sendo que no passado dia 24 de,Junho 2009 pelas 12h na praia albarquel (Setubal) o filho mais velho de 14 anos ao dar um mergulho embateu vilolentamente no fundo, passado alguns segundos o pai avistou o filho a boiar ao qual correu logo para saber se estava tudo bem com ele. Chegando ao pé do filho encontrando-o combalido arrastou para a borda de àgua ao qual o filho lhe diz.( DESCULPA-ME POR TE TER ESTRAGADO O DIA.) e nesse momento entra em coma. -O pai gritou para a esposa para chamar o 112 ( apareçeu de imediato).

Foi transportado para o hospital de Sétubal logo de seguida foi para São José onde permaneçeu até ao dia 3,de Agoste de 2009. e neste momento encontra-se na Clinica de Reablitação em São João de Alportel a fazer fisioterapia.

Agradeçia a vossa colaboração, vez que a mãe se encontra a trabalhar a senssivelmente 6 meses ( ao qual foi obrigada a por Baixa Médica) e o marido esta desempregado.

Venho por este meio vos pedir ajudar no ambito de poder colucar o jovem numa clinica mais perto de casa, para a mãe poder voltar ao seu trabalho e o seu marido poder arranjar trabalho-

Agradeço desde ja com um MUITO OBRIGADO pela atenção.

Deixo aqui o meu contacto chenix8@hotmail.com

o meu nome é Mónica Santos o meu companheiro chama-se Marco Moreiro e encontra-se detido no E.P.Carregueira.ja tem cumpridos 10 anos de uma pena de 18.entre outras situações de injustiça saliento as seguintes: - Hoje dia 14 de Agosto de 2009 o meu companheiro Marco António da Silva Moreira recluso numero 118 deste Estabelecimento fez anos e como tal usufruiu de um almoço de anivesário das 12horas ás 14 horas. Desloquei-me até este estabelecimento na companhia da irmã do meu companheiro, Vanda Patricia da Silva Moreira para realizar o tal almoço pelo qual tive que pagar 3 euros e vinte cêntimos e que se encontrava intragável. Apenas deixaram entrar um bolo de aniversário e não foi permitida a entrada de qualquer bebida pois fui informada que as máquinas que se encontram na sala de visitas estariam á nossa disposição para de lá tirarmos os sumos. Tal não veio a acontecer, pois estavam desligadas, pedimos aos guardas que nos ligassem as máquinas, disseram-nos que era uma situação alheia a eles e que apenas os senhores das máquinas poderiam resolver o assunto,no entanto ficaram de ligar o interropetor das tomadas, passados 30 minutos esta situação mantinha-se na mesma. A minha cunhada deslocou-se até á casa de banho com copos para ir buscar agua e eu fiquei na sala de visitas juntamente com o meu companheiro. Quando a minha cunhada regressou e passados poucos instantes entraram na sala a guarda Eurinice Rocha, a guarda Fátima Correia e outro guarda do qual não me recordo o nome. A guarda Eurinice Rocha afirmou que a visita tinha acabado porque eu e o meu companheiro nos encontravémos em cenas impróprias e tinhamos quebrado as regras, afirmando que as imagens captadas pela camerâ eram prova disso. Esta guarda não nos deu qualquer tipo de hipotese de explicação e tratou o meu companheiro, a mim e á minha cunhada de forma fria, mal educada e ofensiva. Disse-lhe que não estavamos a fazer nada e que nas camerâs apenas poderia aparecer o que realmente aconteceu: eu ao colo do meu companheiro por breves instantes e na brincadeira com ele como fazemos em qualquer visita sem nunca ofender ninguem. Esta guarda mostrou-se complectamente inflexivel em relação ao que eu lhe estava a dizer e nem nos deu hipotese de emendar qualquer tipo de postura que ela considera-se menos própria, preferindo não fazer qualquer tipo de aviso e dar logo por terminada a visita ao fim de uma hora quando a sua duração era de duas horas. Disse acreditar na sua colega pois ela sim é honesta, disse-lhe que eu também o era, ao que ela respondeu que não me conhecia de lado nenhum e que não queria mais conversa sempre usando um tom de voz altivo, agressivo e alto. Despedi-me do meu companheiro e juntamente com a minha cunhada dirigimo-nos á saida. Desde a saida da sala de visitas até á nossa saida do estabelecimento prisional esta guarda proferiu ofensas tanto a mim como á minha cunhada, tais como: -“ Não sou da vossa laia” - “ Se o vêm ver e se são familia é porque devem ser da mesma rés que ele” - “ não como bolo de bandidos. E o que faço com esse bolo é dar-vos com ele na cara” - “ganho a minha vida a trabalhar, não é como voçês, com roubos e tráficos”

Entre outras afirmações sempre dirigidas com um tom de voz alto e agressivo, chegando a apontar o dedo. Ainda lhe disse se achava bem a forma como estava a falar e a dirigir-se a mim, pois nem por um segundo levantei o tom de voz, fiz acusações ou faltei ao respeito a alguem ali dentro e que a sua colega ,de quem é chefe, tava a ouvir, quando eu disse isto a guarda Eurinice Rocha virou-se para a guarda Fátima Correia e disse: “a minha colega não está a ouvir nada. Estás a ouvir alguma coisa Fátima?” ao que a outra guarda respondeu obviamente que não, pois não iria contra um colega, ainda mais sendo sua superior. Ainda proferiu que pelo menos ela tem pinta para usar uma farda e que nem eu nem a minha cunhada temos pinta para nada, e que o meu namorado matou um inocente e que só está a ter o que mereçe. Esta senhora foi desagradável ao máximo e proferiu acusações muito graves ainda mais para quem usa uma farda daquelas, que considero ser uma responsabilidade. Não entendo como é permitido pessoas assim terem este tipo de cargos.

Por volta das 16h30 telefonei para o Estabelecimento Prisional da Carregueira para falar com a directora Isabel Flores sobre o que se tinha sucedido e qual não foi o meu espanto quando fui informada pela mesma que as visitas do meu companheiro estavam suspensas até conclusão do processo que tinha siso instaurado e que eu iria receber uma carta registada da jurista para prestar declarações. Até que ponto esta senhora tem poder para suspender visitas num prazo de 3 horas sem sequer eu ser ouvida e prestar as minhas próprias declarações e esclarecimentos, baseando-se apenas no que lhe contaram pois nem as imagens tinha-se dado ao trabalho de ir ver para puder ter uma opinião mais fidedigna do caso. Acho incrivel que existam pessoas á frente dum estabelecimento desta natureza e a trabalhar lá com tão pouco coração, ja que aqueles homens foram condenados e já estão a pagar por isso e as unicas pessoas com quem lidam no dia-a-dia e com quem podem contar para resolver a sua vida e para ajudá-los são essas mesmas pessoas. Acho injusto privarem o meu companheiro de ter visitas, que é o unico contacto com o exterior que tem, dum momento para o outro e sem serem ouvidas ambas as partes e depois disso então tomarem uma decisão. Mais uma vez se prova que o meu namorado é vitima de constantes preseguições e represálias desde a sua entrada naquele E.P. enquanto ele não sair daquele E.P a sua vida não vai andar para a frente e este tipo de situações vão continuar a acontecer pois arranjam sempre forma de terem algo por onde pegar. O mais grave de tudo é que até já chegam a ser feitas acusações e faltas de respeito aos familiares como foi o caso de hoje. Por favor ajudem-me a resolver este assunto da melhor forma possivel e sobretudo ajudem-me a realizar a transferência do meu companheiro para outro E.p, porque se até agora as coisas não corriam bem apartir de hoje a situação só vai ter tendência a piorar. Ja não sei o que fazer, nem a quem recorrer, este tipo de situações e represálias já são excessivas e tanto eu como o Marco sofremos com isso. O Marco encontra-se no meio da sua pena, já cumpriu quase 10 anos de prisão e até hoje não se lhe foi dada qualquer tipo de opurtunidade e a sua permanências naquele E.P só dificulta ainda mais este aspecto. Ele encontra-se cansado, perdido e estafado psicologicamente.

- • No dia 13 de Julho o meu companheiro colocou o pedido para uma saida precária. Julgo que por norma, e penso não estar enganada, este pedido terá que passar pela educação, directora e chefe do E.P, tendo ainda que se submeter a uma apreciação por parte da equipa do IRS e pelo Tribunal de Execução de Penas. Este processo á partida deverá ser algo demorado já que a ultima vez que o Marco o fez esperamos cerca de 2 meses para saber o resultado, neste ultimo pedido obtivemos a resposta no dia 16 de Julho, ou seja, 3 dias depois do pedido ser colocado. Pergunto-me como é possivel uma resposta e apreciação tão rápida já que este pedido tem que passar por tantos procedimentos? O mais estranho de tudo isto é que a Educadora responsável pelo meu companheiro se encontrava de férias nesta data, e mesmo havendo um educador a substituila, tal funcionário não conhece de forma fidedigna todo o processo e precurso do Marco. Esta precária veio recusada por maioria alegando os seguintes motivos: - Inadaptação do ambiente socio-familiar de integração do condenado; - tal concessão irá por em causa as razões de prevenção geral e especial que sempre cabem á execução das medidas privativas de liberdade.

O Marco encontra-se no meio da sua pena, durante estes 10 anos nunca benefeciou de nenhuma medida de flexibilidade da sua pena e desde a sua entrada para o estabelecimento prisional da carregueira que tal pareçe ainda mais complicado de acontecer. Este estabelecimento não se pareçe importar com o bem estar tanto fisico como psicologico dos reclusos, neste caso do Marco, e muito menos me pareçem motivados a prestar algum tipo de auxilio á sua integração na sociedade e a apostar na sua vida futura, já que é do conhecimento de todos que nos vamos casar no decorrer do mês de Setembro e que tal não foi realizado antes porque tivemos que esperar cerca de 2 meses que os serviços do E.P tratassem do Bilhete de Identidade do Marco que caducou no dia 28 de Maio e que por incrivel que pareçe apenas foi feito no final do mês de Julho. Estamos a dia 14 de Agosto e continuamos á espera que nos seja entregue o seu B.I. Como esta situação é uma constante nas nossas vidas e estes 8 meses têm sido um verdadeiro tormento para ambos o meu companheiro já colocou pelo menos duas vezes um pedido de transferência para outro E.P, num deles alegaram que este E.P é o mais indicado para o cumprimento da sua pena e o outro estamos até hoje para saber o que foi feito dele pois não obtivemos qualquer tipo de resposta. A juntar a estes pedidos de transferência foi colocado outro directamente á D.G.S.P do qual também não tivemos qualquer tipo de resposta. O meu companheiro cumpriu 7 anos e meio da sua pena no Estabelecimento Prisional do Linhó sem qualquer tipo de problema ou castigo, tendo trabalhado, estudado e frequentado diversas actividades neste E.P. Também neste E.P tinha uma apreciação favorável á sua saida precária e só não beneficou dela por não ter cumprido ainda o tempo necessário da sua pena para que tal acontecesse. Sentimos, e mais o Marco pois vive de forma mais profunda esta realidade no seu dia-a-dia, que é urgente que ele saia do Estabelecimento Prisonal da Carregueira, pois sente-se vitima de replesálias e constante preseguição. Ainda esta semana foi chamado para ser ouvido pela jurista sobre a queixa que um guarda, o senhor J. Brás, apresentou alegando que o Marco lhe chamou nomes, tal facto é mentira, pois ele tem um piso inteiro para o testemunhar. E esta queixa só foi feita porque dias antes todo o piso fez um abaixo assinado para que aquele guarda não realizasse mais o seu serviço naquele piso, pois não o faz como deve ser, deixando os reclusos á espera tempos infinitos para lhes dar passagens para os diferentes corredores, aliás o meu namorado já esteve á espera que o mesmo guarda lhe abrisse o gardão para ele ir á enfermaria cerca de 15 minutos juntamente com outros reclusos que desejavam ir até á cabine telefónica para puderem falar com as suas familias. Eu própria já cheguei a ouvir a musica que vem do gabinete quando me encontrava a falar ao telefone com o meu companheiro, nesta situação o Marco pediu para que o guarda baixa-se um pouco o volume mas a situação continuou na mesma. Gostaria de pedir o vosso auxilio para que o meu companheiro fosse transferido para outro E.P para que desta forma possa demonstrar a sua motivação em recomeçar a sua vida da melhor forma possivel, já que no Estabelecimento Prisional da Carregueira tal tarefa pareçe impossivel uma vez que ninguem se importa em apostar na sua reintegração e vida futura. O Marco encontra-se detido desde Janeiro de 2000 sem nunca benefeciar de nenhum contacto com o exterior a não ser atravès de visitas, são 9 anos e meio detido que como já é de se esperar representam uma grande carga psicológica para ele. Não estará na altura de ter uma oportunidade? Este ano vamos casar, tem todo o meu apoio e ajuda, a sua mãe também se mostra disponivel para ele, tem irmãos que também o apoiam e amigos que o querem ajudar, ou seja, considero que no fim de tudo isto o que não falta ao Marco é apoio familiar. Pergunto-me que mais será preciso fazer ou demonstrar perante toda a equipa desta E.P? Sinceramente estou cansada de lutar contra este sistema que pareçe não ser moldável e mais rigido do que aquilo que deveria ser. Desde a sua saida do Estabelecimento Prisional do linhó para o Estabelecimento Prisonal da Carregueira que a vida do Marco tem estado dificultada ao máximo. Para que possam tirar as vossas conclusões e duvidas pesso-vos que verifiquem o percurso do Marco no Linhó e agora na Carregueira. Não é de estranhar que durante 7 anos e meio tenha sido um recluso exemplar, sem castigos, frequentando as aulas, trabalhando e participando em outras actividades e desde que chega a Estabelecimento Prisonal da Carregueira esta situação muda drasticamente? Na minha opinião não restam qualquer tipo de duvidas que se trata de uma perseguição afincada por parte daquele E.P porque o Marco se encontra a cumprir uma pena pelo homicidio dum guarda nocturno, aliás, quando chegou aquele E.P ouviu frases do tipo: “Afinal foste tu quem matou o Guarda Nocturno.” ; “ Já te queria conhecer há muito tempo”, etc... Se o Marco não sair daquele E.P, a tarefa de iniciar a sua reintegração e o facto de lhe ser dada uma oportunidade serão certamente situações muito complicadas.

- O meu companheiro é Diabético tipo 1;insulino- dependente; há 5 anos. Ninguem melhor que ele conheçe a sua doença e a forma como o seu corpo reage No dia 27 de Julho de 2009 pela manhã o Marco deslocou-se á enfermaria do E.P dizendo que não se estava a sentir bem, depois de efectuada uma medição dos diabetes este apresentavem valores altos e a sua tensão também estava fora dos valores aceitaveis, ele pediu para ser levado ao hospital e os enfermeiros nada fizeram. O Marco ligou-me por volta das 11 horas a explicar o que se tinha sucedido e a pedir-me para ligar para a educadora e explicar-lhe o que se estava a passar para ver se ela poderia intrevir de alguma forma, e assim o fiz. Este meu telefonema e a pressão que o Marco exerceu sobre o E.P para que resolvessem a sua situação teve o efeito completamente oposto daquele que era esperado pois no fim do dia o sub-chefe Fernandes e os enfermeiros retiraram da posse do Marco as canetas de insulina, que é o unico meio que ele tem para se medicar e controlar a sua doença da melhor forma, alegando que apartir daquele momento e segundo uma nova lei não era permtido aos reclusos terem consigo qualquer tipo de medicação o que não aconteceu com outro reclusos apenas com o Marco. Mais tarde esta versão dos factos foi corrigida dizendo que afinal as canetas de insulina tinham sido retiradas por ordem e decisão da directora do E.P para que desta forma pudessem controlar melhor o Marco. Desde que o Marco cumpriu um castigo em Abril de 5 dias que os seus diabetes se apresentam descompensados apresentando valores entre os 300 e os 400, quando o aceitavel são valores entre 90 e 180. Depois de lhe serem retiradas as canetas os niveis dos diabetes têm subibo descontroladamente, de tal forma que os seus valores de manha e em jejum são entre os 400 e os 500. Este E.P não tem enfermeiros 24 horas por dia, já que depois das 21horas a equipa de enfermagem se ausenta até ao outro dia de manhã. Se realmente quizessem ajudar o Marco fariam as coisas de outra forma, tirando-lhe as canetas durante o dia e devolvendo-as no periodo sa noite porque apartir das 21 horas o Marco encontra-se á sua propria sorte e chega a ter medo de comer pois os diabetes podem subir derrepende, ja que a sua doença se encontra descompensada, e ele não tem como proceder a uma correção da mesma com a insulina. Caso lhe aconteça algo durante a noite e ele venha a entrar em coma por causa dos diabetes quem se irá responsabilizar por isto. Sabemos que os guardas permaneçem no E.P no periodo nocturno, mas até se deslocarem á cela, verem o que se passa, chamarem uma ambulânci, a ambulância chegar e o Marco poder etr uma assistência médica perde-se muito tempo e ele continua em sofrimento. Um coma diabético deriva dum desequilibrio da doença e está mais que provado que é isto que se esta a passar com o Marco. Ultimamente tem-se sentido cansado, sem apetite, com sonolência, apertos no peito, dores no corpo, sede excessiva, urina muitas vezes e tem vindo a perder algum peso. Tanto eu como o Marco estamos em constante sobresalto pois a qualquer altura algo pode acontecer se a situação se mantiver assim por muito mais tempo e ainda para mais há o risco de cegueira ou amputação dos membros. No dia 31 de Julho o Marco foi a uma consulta na Associação Portuguesa dos Diabéticos com o seu médico Dr. Rui Duarte. Além dos diabetes mais uma vez apresentarem valores altos, um exame ás hemoglobinas delicadas obteve o resultado de 12.7, quando devem estar entre os 4 e os 6. O Marco explicou ao médico o que lhe tinham sido retiradas as canetas de insulina e o médico escreveu no seu processo que era aconselhável que se procedesse novamente á entrega das canetas de insulina. Algo que não veio a acontecer pois hoje é dia 14 de Agosto e a situação não se alterou em nada. No dia 07 de Agosto o Dr. José Cultiveiro, médico do E.P, chamou o Marco á enfermaria mediante o seu pedido. Depois de ler o processo do Marco e ver os seus resultados mais recentes afirmou que tais resultados eram vergonhosos e exurbitantes mas que no entanto teriam que esperar mais uns meses para que pudessem continuar a avaliar as glicémias e depois então iriam decidir se procediam ao internamento do Marco ou não. Quato tempo mais é preciso este sofrimento? É preciso o Marco entrar em coma para que vejam a gravidade da situação? Os resultados de 400 e 500 não chegam para ver as necessidades que o Marco está a passar? No dia 08 de Agosto no inicio da visita o Marco queixou-se que não se sentia bem e que estava fraco, ausentou-se da visita durante cerca de 30 minutos para ir á enfermaria, tinha 407 e deram-lhe uma injecção de 10 unidades de insulina rápida e voltou para a visita. No fim da visita o Marco foi novamente á enfermaria pois não se sentia melhor e os resultados foram novamente altos, 409, mesmo depois de uma injeccção de 10 unidades. E mais uma vez na enfermaria esta dose voltou-se a repetir. Ou seja nessa manha o Marco tomou duas vezes uma injecção de 10 unidades de insulina rápida, isto não é normal pois se a sua doença não se encontra-se descompansada a primeira injecção seria sufeciente para controlar a situação. O Marco passou este fim de semana com valores altos, acima dos 500. No domingo, dia 9 de Agosto, pela manha tinha niveis acima dos 600, há hora de almoço tinha 595 e continuaram a recusar levá-lo ao hospital. Foi-lhe dito para se aguentar até ao fim do dia e se até lá os resultados permanecessem assim, aí sim iriam com ele até ao hospital. Ao fim do dia os resultados eram de 497, mais uma vez foi-lhe administrada uma injecção de 10 unidades de insulina rápida e o Marco foi levado ao Hospital com uma carta do enfermeiro do E.P. Quando chegou ao hospital apresentava niveis de 394 e o que fizeram foi dar-lhe mais uma injecção de insulina de 4 unidades e uma garrafa de soro, sem sequer lhe fazer exames á urina e/ou sangue. Ao fim de mais ou menos 2 horas o Marco saiu do Hospital. E até hoje a situação manten-se na mesma. Não entendo como é possivel a directora deste E.P tomar uma decisão destas e colocá-la em práctica já que não é médica e não é a directora que lida diariamente com o Marco na enfermaria. Considero isto mais uma perseguição e um abuso de poder. Tentei falar com a Directora durante uma semana telefonando todos os dias para o E.P mas a senhora nunca me pode atender, cheguei a deixar o meu contacto com a sua secretária e até hoje não recebi qualquer tipo de contacto. Quando falei com uma senhora da provedoria de justiça sobre este assunto e esta mesma senhora tentou pedir algum tipo de explicação á senhora directora, esta alegou que as canetas tinham sido retiradas ao Marco pois ele tomava insulina a mais, algo que não é veridico, pois se tal acontecesse os seus niveis apresentavam-se baixos e acontecesse exactamente o mesmo. Peço-vos que averiguem esta situação, que fiscalizem a maquina com a qual o Marco faz a avaliação dos seus diabetes pois a mesma tem na sua memória os valores, que se desloquem a este E.P e que oiçam o que o Marco tem a dizer pois ele melhor que ninguem irá saber explicar os acontecimentos. Alguem tem que fazer algo em relação a esta situação, pois esta situação é vergonhosa, não pode continuar assim e é impossivel que os serviços deste E.P continuem a sair impunes no meio de tudo isto. Mais uma vez realço que isto é um abuso de poder.

Ajudem-me a tirar o meu companheiro, Marco António da Silva Moreira recluso numero 118 do Estabelecimento Priosional da Carregueira daquele E.P, pois enquanto ele se mantiver ali não iremos ter descanso e o Marco não irá ter qualquer tipo de opurtunidade na vida porque já é muita perseguição e replesálias.

por favor ajudem-me a divulgar este caso e orientem-me. estou cansada de sofrer com isto e o sistema pareçe só funcionar para alguns. não sei mais o que fazer nem a quem me dirigir, pois neste pais infelizmente quem não tem dinheiro para pagar um bom advogado não se safa em nadacomo é o meu caso, pois sou uma jovem de 24 anos com casa propria e a trabalhar em dois sitios diferentes. deixo-vos o meu contacto: monikasantos22@hotmail.com 964242879

ajudem-me por favor

Eu conheço o 118 pq tb ja la estive e nada é verdad o q ela diz!! ele de bom comportamento nao tinha nada!! Sempre a desafiar os guardas prisionais!! e passava a vida a pedir para trocar de cela porque tinha dividas com outros reclusos!!a cela dele era varias vezes revistada porque e com razao.. suspeito de ter xixa(alcool) ou outras coisa ilicitas!! ele deve apodrecer na prisao!! eu cumpri a minha pena e sei q foi merecida (desacatos via publica 1 ano).

Mas queres o quê desse rapaz mesmo? Um homicida que de certeza absoluta terá um comportamento intratável, que recebe comida, roupa lavada e sabemos lá mais o quê do Hotel Carregueira (porque isto foi o que se tornou os estabelecimentos prisionais). Queres mais o quê, queres psicólogos, médicos e cuidados afins à custa dos contribuintes e este que anda a chular os mesmos e a vitima... no meio disto tudo onde fica a vitima do abuso repugnante desse monte de merd*, desse individuo que é apenas mais um da escória nacional? Diz sua vac*, pois eu não acredito que lá na visita nada tenhas feito. Acho que mentes com todos os dentes que tenhas. E olha lá, não encontras melhor para a tua vida, é porque deves realmente ser igual, porque almas gémeas se atraem. Pois eu vou dizer onde fica os direitos da vitima... ficou a 7 palmos da terra, porque esse monte de merd* lhe ceifou a vida, só porque deveria estar a fazer o trabalho dele honesto. Não como essa merd* que está agora a comer à nossa custa. Por mim até te daria era cianeto, porque já todo o povo sabe que esses cabrõe* têm todos os apoios gratuitos e as vitimas se o querem que paguem. É a merd* de justiça que temos, porque se eu mandasse esse já não respirava com toda a certeza.

Ajudem-me antes a mim para todos alterarmos as leis deste país de forma que estes merd** não respirem mais. A injustiças nas prisões é de haver lá pessoas ainda a tentarem que estas bestas continuem a respirar, isso é que é injusto. Deveriam ser pagos apenas para serem carrascos, e utilizadores de aparelhos de tortura nos criminosos. Isto seria tão mais simples, os estrangeiros, rua (os portugas do Canadá também foram despachados, portanto...) os que são portugueses de e apenas esta nacionalidade seriam os únicos que por cá ficariam, mas também seriam guardados a 7 palmos abaixo da terra. Os outros então mandaria-se por avião num alojamento de chumbo, porque a merd* deita cheiro. Olha lá rapariga vai no caralh* procuras apoios mas é de outros como ele, porque português que se preze repugna qualquer bandido que seja. Isso é a escória, os parasitas da sociedade (bem, eles e os políticos, mas isso já é outra história). Apoio daqui só levavas era um pacotinho de cianeto para ele beber numa bebida (lembra é de dizer aos guardas para verem se desta as máquinas trabalham) com esse aditivo especial.

Ah, só mais uma coisa 3 horas não será mais que suficiente para verificar as gravações de video que falas? Deves estar a gozar, levas para trás até da directora e dizes que não estavas a fazer nada...huuuummm, no colo dizes tu?...Bem se era de saía então era para fazer um Marquito. Eu ia primeiro queixar-me ao padre, pois parece que proibiram a reprodução de escoria nacional. Portanto escandaloso.

apenas te chamo ignorante não desejo que passes por isto porque se passares tomara que seja como tanto desejas. por muita razão que possas ter perdes toda apartir do momento em que ofendes pessoas que não conheces e das quais nada sabes... alguem que escreve coisas deste genero so pode ser alguem muito mal amado, muito infeliz na vida e sem coração. devias ter vergonha de todos os nomes que chamaste e o triste texto que escreveste. deus queira que nunca passes por nenhuma aflição na vida e que nunc sintas a tua vida a acabar... n sabes do k falas e é triste ver isso em meia duzia de linhas. devias viver esta realidade por um dia e ai queria ver se és tão homem para a aguentar como és para estar sentado em frente ao computador a escrever este tipo de barbaridades

Não sabia que se podia ter relações sexuais numa sala de visita… e eu a pensar Que estar preso era difícil! Ele é almoços, sexo etc etc.. Belo sistema penal.

epa deve ter sido a sobremesa, ja que o comer não presta, olha temos sexo, o que é muito normal dentro de uma cadeia, ainda por cima é assassino, que bem. é vergonhoso alguem escrever isto, ainda pensa que tem razão, coitadinho. e o guarda noturno sera que tb tem sexo??????

é incrivel a capacidade que certas pessoas têm para serem tão ignorantes. de certo que foi cometido um crime assim como também é certo que a pena ja está aplicada e a ser cumprida há pelo menos dez anos e não cabe a nenhum de nós julgar os outros qualquer que seja o motivo. lembrem-se sempre que ninguém é perfeito, todos erramos e temos direito ao arrependimento. lembrem-se tambem que tem familia, mulher e filhos e que ninguem está livre de cometer um erro numa fase menos positiva da vida ou em momentos de se perder a cabeça, o ser humano é algo muito mais complexo do que aquilo que se possa imaginar. aproveito também para pedir que pensem nas familias que estão cá fora e que sofrem ao ler este tipo de comentários, chamar assasino a alguem é algo grave nãoo tirando claro a gravidade ao crime cometido, numa situação destas sofrem os reclusos e sofrem as familias mais do que aquilo que alguem possa imaginar... não condenem ninguem sem antes saber a sua historia, sem antes conhecerem e principalmente porque voces proprios e tal como eu não estamos livres de em algum momento da nossas vidas cometermos algo grave e acabarmos no mesmo sitio onde eles estão. pensem antes de falar e sobretudo respeitem o proximo independentemente da sua situação, raça, cor ,idade, sexo enfim... não sejam ignorantes ao ponte de menosprezar alguem

Estive aqui a ler alguns comentários e vejo que isto é um debate de parolos. Para começar, coitadinhos dos presos, por exemplo matou uma pessoa mas está arrependido, bolas então eu vou violar a filha desse preso e matar a filha e depois digo que estou arrependido, acredito que o mesmo ainda me paga o jantar, pois estou mesmo arrependido. Deixem de ser ignorantes, matou deve passar o resto da vida de prisão, e nem televisão, sexo ou qualquer outra regalia que possa dar conforto. Devem sofrer como fazem os outros sofrer.

Sendo mais directa é o seguinte eu chamo-me Anabela, tenho 18 anos com o 12º ano concluído, sempre foi um sonho desde criança ser cabeleireira até porque tenho muito jeito e sempre me agradou essa profissão, mas quando eu me informei das condições para poder realizar este sonho já tinha o 9º ano completo pelo que fiquei completamente desiludida e totalmente arrependida por o ter terminado, pois eu queria um curso financiado dado que não tenho muitas possibilidades para o poder tirar pois sei que é muito caro e os meus pais não tem possibilidades de me ajudarem dado que ambos não trabalham são agricultores e o dinheiro não chega para me poderem realizar este sonho, eu já trabalhei num cabeleireiro em Braga situado em Santa Tecla apenas a lavar cabeças e para mim foi tão boa essa experiência pois fui aprendendo mais coisas a pintar cabelos a arranjar cabelos a fazer tratamentos tais como alisamentos, etc... mas sem carteira não podia lá a ficar a trabalhar oficialmente novamente outro desgosto.

Sr. Manuel Luís e Cristina Ferreira se me pudessem ajudar a relizar este sonho ficaria esternamente grata. se nao forem vocês a ler este pedido e se alguém tiver o contacto de algum dos apresentadores por favor se me poderem dar para que eu possa contactar muito obrigados.

o meu email é amslovesdaniel@hotmail.com

Ola. Gostava de saber como consigo escrever para o programa "Você na TV". Obr. Mail: lenacsantos@sapo.pt

ola,eu tenho 15 anos e gostava muito de aprender a tocar acordeon e de ter um pois a minha familia não tem essas condições para eu puder realizar o meu sonho será que dá para eu ir ao voce na tv realizar o meu maior sonhu por favor desde de pequenino que sonho com este dia... luis_f_f_93@hotmail.com contactem-me

Chamo-me Fabiana , tenho 16 anos e sou da zona do porto . Tenho como garnde ídolo Hernani Carvalho , a sua maneira de ser , a forma como leva as suas ideias adiante e como encara a situação policial encanta-me bastante . O meu sonho era sem duvida um dia poder conhece-lo :) Beijinho e obrigada pela atenção .

Ola manuel luis e cristina venho tentar a minha sorte con voces ja ke nao consigo em mais lado nenhum..chamo me carlos tenho 25anos e perdi o meu trabalho e a vontade de viver..os meus dentes nao se encontram nas melhores condicoes e ja comecaram a cair e por causa da aparencia dentaria perdi meu emprego..espero que me possa ajudar.contact 915384611

Boa tarde, tenho uma irmã que precisa de ajuda pois nao se sente bem com a sua imagem, como sei que posso contar com a ajuda do Manuel Luís e da Cristina gostava muito que me mandassem o cantacto do pograma para poder escrever para lá. Agredecia muito que me mandassem o cantacto para isso deixo aqui o meu mail: soralexandra_@hotmail.com obrigada

gostava de fazer uma supresa a minha mãe , ela bem mereçe e faz muito por nós ( eu e o meu irmão ) , ela adorava conhecer pessoalmente o maior idolo dela, Tony Carreira e acho que era uma grande supresa . Ela mereçe tanto . Será que conseguem concreterizar este sonho ? por favor . aqui deixo o meu email . ma_sofia19@hotmail.com , alguma coisa já sabem . beijinhos :D .

Ola' ... Gosto bastante do Voce na TV!

Gosto particularmente dos momentos com o Barra da Costa, O dr.Quintino Aires e o Hernani de Carvalho. [Escusado sera dizer que o Manuel Luis e A Cristina são a melhor dupla de todos os tempos] .

Gostava que me podessem dar o contacto do programa, pois queria comunicar com o dr.Quintino Aires ---> tambem quero ser psicologa e admiro-o muito e queria pedirlhe uma ajuda !

Muito obrigada

O meu e-mail e' : joanitah_a17@hotmail.com

Muito boa tarde,

Perdi na passada quinta feira à noite a minha amiga mais preciosa, tem 10 anos, chama-se Boneca; é tigrada de preto e castanho com olhos amarelos. Não tem coleira porque ela detesta-as. É muito meiga mas tímida. Caiu da varanda na zona da Rechousa, Vila Nova de Gaia e se não estiver ferida pode percorrer vários kilómetros.

Por favor ajudem-me a encontra-la que eu estou mais do que desesperada já não durmo desde que ela desapareceu!

Gostaria de enviar a sua fotografia para isso agradecia que me fornecessem o email do programa

claudiasusanabarbosa@gmail.com

Muito Obrigada,

Cláudia Barbosa

Boa noite. Gostaria que me mandassem o contacto do voçê na tv. Preciso muito dele. O meu mail é filipa.gouveia@gmail.com.

Obrigada

Pages

Add new comment

HTML com quebra

  • Lines and paragraphs break automatically.
  • Allowed HTML tags: <a> <em> <strong> <cite> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <blockquote> <h4> <h3> <p> <img>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
CAPTCHA
Esta questão é necessária para prevenir spam :(
1 + 5 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.

Regras e Regulamentos

Atenção:

Não há censura de opinião nos comentários, mas o vc é o responsável pelo que escrever. Ou seja, aqui vale o Yoyow (You Own Your Own Words).

Lembre-se: Opinião é diferente de informação.

Informações sem fonte ou que não puderem ser checadas facilmente podem ser deletadas.

Serão apagadas sem dó mensagens publicitárias fora de contexto, spam usado para melhorar a posição de sites e outras iniciativas de marqueteiros pouco éticos.

Respeite as regras básicas Netiqueta.

Grosserias desacompanhadas de conteúdo, coisas off-topic e exagero nas gírias ou leet que dificultem o entendimento de não-iniciados tb não serão toleradas aqui.

Vou apagar sumariamente todos os comentários escritos inteiramente CAIXA ALTA, mensagens repetidas e textos que atrapalhem a diagramação do site.

Além de prejudicar, a leitura é falta de educação.

Não publique tb números de telefone, pois não tenho como checá-los. As mensagens com números de telefone serão apagadas inteiras.

Obviamente, qq conteúdo ilegal tb será deletado sem discussão.

Evite também mensagens do tipo "me too" (textos apenas concordando com o post anterior sem acrescentar algo à discussão).

Clique aqui para ver algumas dicas sobre como escrever um texto claro, objetivo e persuasivo.

Todas os comentários são considerados lançados sobre a licença da Creative Commons.

Se você não quer que seu texto esteja sob estes termos, então não os envie.