Trailer do documentário Abraço Corporativo... finalmente

Abraço Corporativo from Ideia Forte on Vimeo.

Finalmente, o documentário "secreto" do meu amigo jornalista (cineasta... agora), Ricardo Kauffman, está ficando pronto.

O filme está sendo realizado há anos. A idéia é muito bacana. Além de ser divertida, é da daqueles filmes que se todo mundo assistir e entender a sociedade progride...

Ainda não vi o filme... mas espero que faça barulho. Viva Ary Itnem!

Atualização

Como não sei exatamente o que pode ser contado sobre o documentário... estou guardando segredo há um bom tempo... e não quero cometer alguma gafe, vou reproduzir o release que o Kauffman acabou de me mandar.

O Abraço Corporativo Sinopse

“Avião da companhia Pantanal cai nos arredores do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, e provoca incêndio”. “Imigrante brasileira grávida de gêmeos é atacada por skinheads na Suíça e perde os bebês”. “Há provas de que Saddan Hussein conta com armas de destruição em massa”. “O banco Lehman Brothers é uma instituição sólida”.

As afirmações acima permearam espaço importante da grande mídia brasileira e mundial nos últimos anos. Nenhuma delas é verdadeira, no entanto. O que estaria acontecendo com o mundo da notícia?

A vulnerabilidade da imprensa não é um privilégio dos dias atuais. Mas que contornos esta fragilidade ganha no universo da informação em alta velocidade? O que mudou neste jogo com a consolidação da Internet? Com a multiplicação dos canais 24 horas de notícia? Com a aquisição de grupos de comunicação por conglomerados da indústria do entretenimento?

Estas são as questões que guiam o documentário “O Abraço Corporativo”, do jornalista Ricardo Kauffman. Para refletir acerca destas perguntas o filme registra (de maneira crítica) a divulgação na imprensa de um desconhecido consultor de RH chamado Ary Itnem.

Esta experiência – promovida pela própria equipe do documentário - sonda os caminhos que estão abertos para que qualquer coisa conquiste espaço na mídia. O documentário entrecruza o registro desta trajetória com depoimentos de um time qualificado de entrevistados que discutem como se faz notícia hoje.

São jornalistas, acadêmicos, homens da comunicação em geral e pessoas que têm de lidar com grande exposição na imprensa. Como Juca Kfouri, Eugênio Bucci, Contardo Calligaris e o ex-governador de São Paulo, Cláudio Lembo.

Sem apresentar respostas definitivas e apontando suas baterias para o conjunto da mídia, “O Abraço Corporativo” pretende colaborar para a reflexão do papel que a sociedade (local e global) quer delegar ao jornalismo na era da convergência digital.

Editoria:

Comments

Se fossem apenas as notícias besteirol, não seria tão grave. Muito pior é a veiculação de besteirol enquanto se ignora assuntos de real interesse da sociedade. E o que dizer das mentiras, das matérias pagas? Estamos totalmente envolvidos por traidores da nação, uma corja que faz qualquer coisa por dinheiro.

Eu acredito que muitas vezes a midia cria muita fumaça onde não há fogo algum.O que, na maioria das vezes aparece, é um bando de notícia-besteirol repetindo-se em vários canais,ao mesmo tempo.Até que enfim alguém tá vendo isso,assim como eu,ufa! Abração!! Adelita de Montenegro-RS

Add new comment

HTML com quebra

  • Lines and paragraphs break automatically.
  • Allowed HTML tags: <a> <em> <strong> <cite> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <blockquote> <h4> <h3> <p> <img>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
CAPTCHA
Esta questão é necessária para prevenir spam :(
6 + 2 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.

Regras e Regulamentos

Atenção:

Não há censura de opinião nos comentários, mas o vc é o responsável pelo que escrever. Ou seja, aqui vale o Yoyow (You Own Your Own Words).

Lembre-se: Opinião é diferente de informação.

Informações sem fonte ou que não puderem ser checadas facilmente podem ser deletadas.

Serão apagadas sem dó mensagens publicitárias fora de contexto, spam usado para melhorar a posição de sites e outras iniciativas de marqueteiros pouco éticos.

Respeite as regras básicas Netiqueta.

Grosserias desacompanhadas de conteúdo, coisas off-topic e exagero nas gírias ou leet que dificultem o entendimento de não-iniciados tb não serão toleradas aqui.

Vou apagar sumariamente todos os comentários escritos inteiramente CAIXA ALTA, mensagens repetidas e textos que atrapalhem a diagramação do site.

Além de prejudicar, a leitura é falta de educação.

Não publique tb números de telefone, pois não tenho como checá-los. As mensagens com números de telefone serão apagadas inteiras.

Obviamente, qq conteúdo ilegal tb será deletado sem discussão.

Evite também mensagens do tipo "me too" (textos apenas concordando com o post anterior sem acrescentar algo à discussão).

Clique aqui para ver algumas dicas sobre como escrever um texto claro, objetivo e persuasivo.

Todas os comentários são considerados lançados sobre a licença da Creative Commons.

Se você não quer que seu texto esteja sob estes termos, então não os envie.