Dr. House: Muito além do seriado

Não gosto de televisão. Já vivi anos sem ter em casa a "máquina de fazer loucos", alcunha pouco carinhosa dada por minha mãe ao aparelho. Porém não sou imune aos encantos da telinha. Assisto noticiários. Passo noites vendo filmes, especialmente se bem ruins. Filmes bons devem ser vistos no cinema. Minha esposa fornece a desculpa para um conhecimento geral do "plot" das novelas. Agora, dos seriados eu passo quase ileso, posso dizer que não acompanhei mais nada depois de M.A.S.H.

Relato estes fatos para dar conta da minha enorme surpresa com a série de TV Dr. House. É fascinante. Vi todos os episódios, comprei os DVDs das primeira e segunda temporadas (os da terceira ainda não foram lançados). Na internet, descobri uma verdadeira legião de pessoas tão entusiasmadas quanto eu pelo trabalho realizado pelos autores, diretores e atores do seriado.

Porque House é diferente? Porque atrai?

Pelo personagem. Alain Resnais, o grande cineasta francês, numa antiga entrevista ao "Cahiers du Cinema" dizia que para se fazer um bom filme eram precisos três ingredientes: "un scenario, un scenario et un scenario" (um roteiro, um roteiro e um roteiro). Não se constrói um bom roteiro sem grandes personagens. House é um grande personagem.

O nosso querido médico é grosso, irrascível, pretencioso, mas salva vidas. House não comporta elogios, são faceis e ofendem. O personagem funciona porque diz o que não é possível normalmente. Segundo Freud, esta é a base da boa piada. A historia contada no seriado vai além, porque usa esta estratégia para fazer reflexões sobre questões éticas e não apenas para criar situações engraçadas.

O discurso de House não surpreende porque é inusitado. Incomoda e faz pensar, como deve fazer a arte de verdade, porque está certo mesmo sendo absolutamente insensível, desumano. House funciona porque o mundo policamente correto da mídia que nos cerca é um tédio. House funciona porque o resto foi pasteurizado, é contido, castrado, insosso. House funciona porque apela para a inteligência da realidade, que não se comporta como um folhetim de boas maneiras e embaraços ou um conto de pequenas malvadezas desbaratadas.

Atualização

Tb sou fã do House. Tô criando um espaço para discutir o programa. Veja: Lista de Episódios do Dr. House

Cogito ergo doleo

[]s China

Editoria:

Comments

É tem gosto para tudo... só que como vc cometeu o engano de escrever "qualquer" mulher se apaixonar, eu entendo que vc generalizou. Tô fora. Gosto de assistir House por inúmeros motivos, menos ficar apaixonada por aquele cara grosseiro, insensivel, manipulador. Para eu me apaixonar - como estou - o homem é muitoooo diferente, apesar de inteligente também. Boa sorte. Alexandra.

Mais vc é burra hem ?!!! primeiro é Dr HOUSE. Segundo que se escreve Jeito ! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK vai ser burra assim na puta que pariu !

voces querem ser como ele mas estao sendo tao idiotas que nao se dao conta que chato!

ahahahahhhaaahuhus.. aprende a escrever primeiro, ai sim tu comentas aki ;D

Quando comecei a ver House, até que tava bem legal. Agora ficou repetitivo e previsível. Acho que montar um roteiro pra série não é muito difícil, então fiz um guia de como montar seu próprio roteiro para o seriado. Basta seguir os passos abaixo:

CENA INICIAL: Duas ou mais pessoas felizes fazendo algo completamente normal. Uma delas tem piriri, então você pensa que é ela que irá pro hospital quando outra pessoa na cena tem um problema pior ainda. Para determinar o tipo de doença é fácil, escreva alguns sintomas possíveis (como "vômito", "tontura", "convulsão", "sangramento" e etc..) cada um em um pedaço de papel. Jogue-os para o alto e escolha dois ou três. Pronto, você já tem a "doença-rara-que-só-o-House-consegue-resolver", os sintomas restantes são de uma outra doença que aconteceu junto com a primeira por "motivos-que-apenas-o-House-pode-deduzir".

PRIMEIRA PARTE: House chega em sua sala com a ficha do paciente na mão. Ele diz o gênero, a idade e os sintomas da nova vítima paciente enquanto anota no quadro branco e sua equipe faz algum comentário aleatório (que é totalmente ignorado pelo doutor). Depois eles começam a jogar todo tipo de diagnóstico possível (que de uma forma ou de outra vai passar por Sarcoidose, Amiloidose, Vasculite, Lúpus, Encefalite e Câncer). House tira sarro de todos e dá seu palpite. Manda todos saírem pra fazerem seus exames, não sem antes fazer alguma piadinha com alguém até humilhá-lo. Geralmente isso acontece com o negão (afro-descendente). Enquanto alguém da equipe está no laboratório, os outros dois se encontram com o paciente, agora melhor; mas que logo sofre outro piriri com sintomas diferentes, e que faz todos voltarem à estaca zero.

SEGUNDA PARTE: House dá um palpite no diagnóstico, mas ninguém acredita nele. Ele sai pra cuidar de sua vida (ou seja, irritar algum ou todos dos seguintes: pacientes da clínica, Dra. Cuddy e Dr. Wilson, e ocasionalmente enfiar o termômetro no reto de alguém). A equipe faz a Punção Lombar, a Ressonância, a Colonoscopia e a invasão à casa do paciente. Alguém fala que é doença auto-imune, mas House discorda. House convence a equipe a aceitar a administração do novo tratamento e o paciente tem mais um piriri, quase fatal, por causa do dito tratamento. House pede para que a sua equipe retire um pedaço do cérebro, do coração, do estômago, do fígado ou do reto do paciente que depois tem uma parada cardíaca (ou uma parada respiratória) e morre por 1 minuto. Após um momento de tensão, ele volta a vida.

TERCEIRA PARTE: House está novamente enchendo o saco de alguém quando ao ouvir alguém dizer algo que não tem completamente nada a ver com a sua vítima paciente, House tem um clique e fica olhando o chão, olhos arregalados. Ele diz: "Não é lupus/sarcoidose/câncer! Na verdade é a doença X que ninguém nunca ouviu falar e que explica tudo" e corre à sua equipe com a resposta certa, mas como ninguém mais acredita nele e a sua chefe não quer que ele machuque/torture/mate o paciente (de novo), ele tem que ameaçar/subornar/chantagear/torturar/matar (não necessariamente nessa mesma ordem) outra pessoa para que permitam o novo tratamento (se nem assim for possível, basta utilizá-lo de qualquer jeito, mesmo contra a vontade do paciente). Iniciam o tratamento e o paciente sai do hospital serelepe e saltitante. Todos confessam que House estava certo o tempo todo, e ele acaba o episódio tocando piano, andando de moto, ou jogando sua bolinha, enquanto toca uma música pop ao fundo e rola o problema ético da semana.

Obs: A doença NUNCA pode ser Lúpus. Por esse motivo, ele já estragou um livro sobre lupus para esconder seu remedinho.

Basta enfiar uns diálogos no meio dessa estrutura com algumas piadas e a série já está garantida por mais umas 10 temporadas (ou enquanto durar o estoque de Vicodin). E não se esqueça de todo final de temporada fazer com que House tenha um ataque do cérebro que faça o público ficar nervosinho se o House vive ou não.

Sabia que havia algo de errado com esse comentário... http://desciclo.pedia.ws/wiki/Dr._House Nossa querido amigo(a) da próxima vez que for "criticar" alguma série ou algo do gênero,leve em consideração essa dica:Editar não camufla muita coisa,você acaba de fazer papel de idiota,CRIE sua própria opinião,afinal acho que você nem sabia o que era Lúpus...A tem mais,caso o(a) senhor(a) se sinta ofendido com o cometário e queira argumentar dizendo que o artigo da desciclopedia é de sua autoria,deixo bem claro que minha dúvida é gritante,visto que o desciclopedia segue um formato de linguagem,um padrão que deve ser escrito por uma equipe muito competente e não por alguém que quer defamar o célebre Dr.House.

Cara, voce sabe o roteiro, os nomes das doenças, os remedios, o que acontece antes, durante e depois ... Meu, assista a proxima temporada .... voce AMA House !!!

Oh amigo(a)! Já que perdeu a graça e vc fez um resuminho bastante simples e sem graça... faça um favor a todos!!! Deixe de assistir e de ser mau humorado(a), mau-amado(a) e sem um pingo de respeito! Afinal o que importa não é em si o que ocorrem nas doenças (seus sintomas, as análises, os possíveis medicamentos necessários) e sim as mensagens dentro das situações que ocorrem (afinal eles se preocupam com o paciente-inclusive o house) eles se preocupam com as outras pessoas e trazem para si ensinamentos, dúvidas e questionamentos... se você não tem sensibilidade de ver isto estão o(a) aconselho a fazer algum que o(a) agrade e não procurar desagradar os outros com seus comentários pobres (em todo os sentido)!

olha o house é um seriado que na qual o melhor e ele mesmo nao o que acontece com os pacientes

Bom, o que falar do Gregory House... ele é simplesmente incrível, grosso, insurpotável, insensível, tem um charme que eu gostaria de ter e tudo isso unido numa especie rara, um cara velho com alma de adolescente, Pô o cara anda skate, quando pode é claro....

Abaixei os 2 primeiros episodios e gravei a 3 temporada. Dei para meus amigos assistirem, pois é muito bom! Estou ansioso para a proxima temporada em novembro. Anselmo!

Gosto muito do seriado e estou ansioso pra assistir em novembro a nova temporada.

Anselmo !

Toda a minha família (eu, meu esposo e minha filha-detalhe ela tem 03 anos) assistimos os episódios na tv (seriado). Não perdemos um! Ele é grosso mais inteligente demais e sem ele aquele hospital estaria perdido. Muito bom mesmo. O episódio de ontem na tv foi um dos mais lindos... qdo ele escolhe qual dos bêbes vai tomar um tipo de medicamento para viver ou morrer...e na verdade era um simples vírus passado pela senhora que entregava os ursinhos de pelúcia... agora qdo ele vai fazer a autópsia vi um pouco de emoção no rosto daquele médico tão frio! Chorei feito criança... e aí vc deixaria seu filho na mão de um médico assim? Acho também que a Dra. Cameron já perdeu um filho que arruinou seu casamento ou relacionamento com alguém... sempre fica uma interrogação... beijos a todos!

House é para quem sabe e para quem não sabe; quem não sabe pensa que sabe alguma coisa e gosta, quem sabe acha graça; talvez o misterio é pensar que se vc acompanha House possa ser um dia como ele, aparentimente sem emoções que afeta um bom profissional.... Mas poucos conseguem pq para ser como ele vc tem que ser forte enfrentar as dores sem demonstrar nada nenhum sentimento...

não existe programa melhor q Dr. House, ms não consigo mais ver não pega na minha casa! e na minha cidade não tm dvd das temporadas!!!!!!!!! o programa é o mais inteligente q tm !!! esperava a semana toda pra ver !!! e agora?????

Estudo medicina laboratorial e pesquisas clínicas adoro house!!sempre que posso assisto!

vc pode baixar os episodios nos sites abaixo:

http://baixaserie.blogspot.com/2007/10/doctor-house-temporada-04.html tem todos os episódios e é de graça !

Nossa, ele é um ótimo médico, e adoro a Dr. Cameron, ela é muito linda. Eu tive uma doença que el iria gostar muito de ver, a segunda vista no Mundo! :)

Gosto primeiramente da interpretaçâo do autor Hugh Laurie ,tb me amarro quando os episódios são voltados para outros atores desse seriado.Não perco o seriado.

Eu gosto de Dr. [H]ouse mais q vc e já lançou sim o dvd da terceira temporada Sim pq eu tenho.

E eu sei q o House Dr. House é considerado um gênio da medicina, trabalha como chefe de uma equipe de médicos responsáveis por diagnosticar casos raros e misteriosos. Teve um problema de saúde em uma de suas pernas que quase o obrigou a amputá-la. A discussão sobre o tratamento adequado da perna, lhe custou seu casamento.

Hugh Laurie foi eleito o médico mais sexy da televisão em uma pesquisa, por sua atuação House. Conquistou em 2007 uma premiação americana na categoria Melhor ator em série dramática. No currículo, consta ainda outros prêmios como indicação ao Emmy Awards em 2005. Antes de ser ator, praticava remo, e ganhou alguns prêmios no esporte. Ele já escreveu novelas também, como The Gun Seller e Paper Soldier.

então eu gosto de Dr. House + do q vc

Beijos !!!!!!!!!!!!!!!!!!

Realmente é ótimo poder terminar a noite, depois das intragáveis novelinhas, assistindo ao Dr.House e seu gênio insuportável, mas inteligente!! Amooooooo!!

Eu não acompanhava seriado algum. Não me interessava. Um dia, vi um capítulo do intragável doutor e não parei mais. Acho que a personagem diz o que jamais teríamos coragem de dizer. Qualquer série que sirva de válvula de escape para a nossa sociedade hipócrita será um sucesso.

House é aquele cara que você ama odiar, e odeia amar...

House contra Deus foi sensacional, bem como todos os capítulos dessa série - porém, o toque do "feto" nas mãos do médico que eu idolatro foi bárbaro! A equipe dele também é genial... Sou apaixonada por todos eles.

Rosane

genteee eu e minah mãe somos lokás por House meus 15v anos estaum chegando e eu keria mtu por uma musik na minha entrada q eu escutei no seriado Se eu naum estou enganada a musika toka no episódio 2 na segunda temporada quanduh o episódio jah esta terminando! gente se puderem me ajudar serei totalmente grata! beijso a atds a tbm saum viciaados nesse sriado q abaala a estrutura d qualker outro!

a musica e beautiful da Cristina Aguilera mas non fim do episodio é cantada por Elvis Costelo

ola...e ai vc ja conseguiu a musica?...qqer coisa te arrumo

kerida se nao me engano a musica se chama hallelujah do jeff buckley...parabems

nao tem seriado melhor..Dr House é meu preferido assisto um monte de series q passa na tv mais Dr. House nao tem melhor ninguem supera...

by:Luis Filipe G. Santos

Pirajui-SP

Essa serie e d+ não consigo dormir sem assistir ela toda e muito legal.

Pages

Add new comment

HTML com quebra

  • Lines and paragraphs break automatically.
  • Allowed HTML tags: <a> <em> <strong> <cite> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <blockquote> <h4> <h3> <p> <img>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
CAPTCHA
Esta questão é necessária para prevenir spam :(
7 + 0 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.

Regras e Regulamentos

Atenção:

Não há censura de opinião nos comentários, mas o vc é o responsável pelo que escrever. Ou seja, aqui vale o Yoyow (You Own Your Own Words).

Lembre-se: Opinião é diferente de informação.

Informações sem fonte ou que não puderem ser checadas facilmente podem ser deletadas.

Serão apagadas sem dó mensagens publicitárias fora de contexto, spam usado para melhorar a posição de sites e outras iniciativas de marqueteiros pouco éticos.

Respeite as regras básicas Netiqueta.

Grosserias desacompanhadas de conteúdo, coisas off-topic e exagero nas gírias ou leet que dificultem o entendimento de não-iniciados tb não serão toleradas aqui.

Vou apagar sumariamente todos os comentários escritos inteiramente CAIXA ALTA, mensagens repetidas e textos que atrapalhem a diagramação do site.

Além de prejudicar, a leitura é falta de educação.

Não publique tb números de telefone, pois não tenho como checá-los. As mensagens com números de telefone serão apagadas inteiras.

Obviamente, qq conteúdo ilegal tb será deletado sem discussão.

Evite também mensagens do tipo "me too" (textos apenas concordando com o post anterior sem acrescentar algo à discussão).

Clique aqui para ver algumas dicas sobre como escrever um texto claro, objetivo e persuasivo.

Todas os comentários são considerados lançados sobre a licença da Creative Commons.

Se você não quer que seu texto esteja sob estes termos, então não os envie.